O Corinthians vendeu muitos jogadores neste segundo semestre, e o elenco comandado por Osmar Loss perdeu peças importantes. No entanto, o prejuízo poderia ser ainda maior, pois a diretoria alvinegra chegou a recusar uma proposta milionária vinda do futebol italiano.

De acordo com o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves, o Timão recebeu uma proposta de aproximadamente R$ 17 milhões pelo zagueiro Pedro Henrique. O clube interessado em contar com o jovem atleta foi o Torino, da Itália.

Publicidade
Publicidade

A revelação aconteceu nesta terça-feira (14), durante a participação do dirigente ao canal do Youtube TV Corinthians. Duílio ainda informou que o Timão recebeu ofertas para negociar o zagueiro Henrique e o meio-campista Mateus Vital.

Por que o Corinthians não aceitou a proposta?

O fato do Timão não ter negociado a saída do zagueiro Pedro Henrique chamou atenção, pois o clube vendeu muitos atletas com o intuito de pagar dívidas e sair do vermelho.

Portanto, houve um fator determinante para a recusa alvinegra.

O que pesou na decisão do clube paulista em rejeitar essa oferta milionária foi as várias perdas neste ano. Ao menos quatro jogadores de extrema importância foram vendidos nesta temporada: Balbuena, Sidcley, Maycon e Rodriguinho.

Vale destacar também que a diretoria corintiana tem um novo planejamento em mente e prioriza a permanência de jovens promessas. O intuito do Timão é contratar e manter atletas mais novos, para lucrar com vendas futuramente e ter um time competitivo.

Publicidade

Pedro Henrique conquistou a titularidade após venda de Balbuena

A venda do zagueiro Balbuena abriu espaço para Pedro Henrique. Agora, o jovem beque assume a titularidade ao lado do experiente Henrique. No momento, a dupla de zaga vem correspondendo à altura, eliminando a possibilidade do Timão contratar novos zagueiros.

O Corinthians vendeu Balbuena neste segundo semestre. Agora, o zagueiro paraguaio pertence ao West Ham, da Inglaterra. Naquela ocasião, o clube do Parque São Jorge vendeu o atleta por 4 milhões de euros.

Pouco antes de ser negociado, Balbuena já havia renovado seu vínculo contratual com o Timão. No entanto, o zagueiro só aceitou estender o contrato caso a multa rescisória fosse baixa. E isso foi atendido pelo clube.

A partir do momento que reduziu a multa contratual do beque, o Corinthians ficou ciente que poderia perdê-lo a qualquer momento. Por esse motivo, Pedro Henrique permaneceu no clube, já que ele era visto como o substituto ideal.

Setor defensivo do Corinthians está completo

O técnico Osmar Loss tem ao menos cinco zagueiros disponíveis: Pedro Henrique, Léo Santos, Marllon, Vilson e Henrique.

Publicidade

Com isso, dificilmente o Timão irá ao mercado em busca de novos defensores para o elenco.

No jogo contra a Chapecoense, no último domingo (12), o treinador corintiano optou por escalar um time reserva. Desta forma, a zaga foi composta por Marllon e Léo Santos, dando um descanso para a zaga titular, que é formada por Pedro Henrique e Henrique. Porém, ambos retornarão a equipe nesta quarta-feira (15), em jogo pela Copa do Brasil.

Leia tudo