O Corinthians conseguiu a terceira vitória seguida com Osmar Loss no comando, resultado que dá ainda mais tranquilidade para o treinador fazer as mudanças necessárias visando o crescimento da equipe durante o segundo semestre. Dessa vez, o duelo era pela Copa do Brasil, na partida de ida, diante da Chapecoense.

O maior destaque foi o paraguaio Angel Romero [VIDEO], que deixou novamente a sua marca em Itaquera, abrindo o placar após um excelente lançamento de Cássio e domínio de Pedrinho, que cruzou para o atacante cabecear para o fundo da rede. Nas arquibancadas, chamou a atenção dos torcedores a presença de Adriano Imperador, atleta que foi campeão brasileiro em 2011, ao lado de Andrés Sanchéz nas arquibancadas do estádio Alvinegro.

Logo que foi visto pelos torcedores, começou a pipocar nas redes sociais um possível interesse do Timão no atacante de 37 anos. Porém, em entrevista coletiva, o diretor Duílio Monteiro Alves tratou de negar essa possibilidade, alegando que foi apenas uma visita.

''Não tem absolutamente nada. O Adriano é um amigo que passou por aqui, esteve com a gente em 2011, mas nada além disso. Veio ver os amigos, o jogo, nada além disso'', destacou.

Adriano teve a oportunidade de dar a volta por cima com a camisa alvinegra, mas por conta de problemas extracampo, acabou não dando certo, desde então não consegue jogar uma grande sequência de partidas. Hoje, o atacante está sem clube, já que muitos o consideram um ex-jogador de futebol.

Renovação de Angel Romero

O diretor [VIDEO]aproveitou para falar de outros assuntos, como o interesse na renovação de contrato de Angel Romero, atacante que vem se destacando e pode receber propostas do futebol europeu.

''Se trata de um grande atleta, com a cara do clube. Isso não é somente pelo momento que vive, mas sim por tudo que ele já fez com essa camisa, temos interesse em renovar. Existe, sim, sempre existiu uma conversa. O seu contrato dura mais um ano, não temos que fazer isso correndo. Interessa que ele fique mais tempo com a gente'', destacou.

O contrato do paraguaio é válido até o meio do ano que vem. Em dezembro, ele já pode assinar um vínculo prévio e deixar o Corinthians totalmente de graça. Para garantir a sua presença, o Timão terá que pagar 3 milhões de dólares, quase 12 milhões de reais, aos empresários responsáveis pela sua aquisição.

O próximo jogo do time comandado por Osmar Loss será no sábado, quando irá medir forças com o Atlético Paranaense, em partida que será realizada na Arena.