Anúncio
Anúncio

Na base da insistência, o Fluminense conseguiu superar a forte retranca do Defensor na noite de quinta-feira, no Maracanã e, com uma cabeçada no ângulo de Digão, que completava 100 jogos vestindo a camisa tricolor, aos 41 minutos, e um gol olímpico do equatoriano Junior Sornoza aos 48, ambos do segundo tempo, derrotou a equipe uruguaia por 2 a 0 no confronto de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana.

Com o resultado, a agremiação das Laranjeiras, que deixou o gramado sob aplausos dos 14.895 presentes ao estádio, garante a classificação para a terceira fase da Sul-Americana até com uma derrota por um gol de diferença no confronto do próximo dia 16 de agosto, às 21h45 (de Brasília), em Montevidéu.

Anúncio

No domingo, o foco volta a ser o Campeonato Brasileiro. A partir das 19h (de Brasília), novamente no Maracanã, o Fluminense, nono colocado com 21 pontos, encara, pela 17ª rodada, a antepenúltima do primeiro turno da competição nacional, o Bahia. Para esse compromisso, o lateral-direito Gilberto, que não enfrentou o Defensor por conta de dores musculares, volta a ser desfalque. Dessa vez, porém, o lateral-direito cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Em contrapartida, os atacantes Júnior Dutra e Luciano, ambos se recuperando de entorses nos tornozelos direitos, devem ficar à disposição. Outro com possibilidade de ir a campo é Brian Cabezas. Contratado junto ao Atalanta, da Itália, há mais de uma semana, o meia-equatoriano de 21 anos, vice da Libertadores de 2015 pelo Independente Del Valle, teve seu nome inscrito no Boletim Informativo Diário da Confederação Brasileira de Futebol e está totalmente regularizado.

Anúncio

Zagueiro é anunciado e meia retorna de empréstimo

Antes do importante resultado pela Copa Sul-Americana, o gerente-executivo de futebol do Fluminense, Paulo Angioni, concedeu entrevista à Rádio Globo e oficializou a chegada de Paulo Ricardo, zagueiro de 24 anos, com passagem pelo Santos e que estava no Sion FC, da Suíça.

"Ele foi referendado pelo nosso scout. Está no Brasil, faltam os exames médicos. Chega por empréstimo até 31 de dezembro de 2019", resumiu o dirigente.

Recentemente, o Fluminense teve três perdas no sistema defensivo: Renato Chaves, Luan Peres e Nathan Ribeiro. Além de Paulo Ricardo, o clube trouxe Digão, atleta formado na base das Laranjeiras e que volta após passagem pelo futebol da Arábia Saudita e do Cruzeiro.

Anúncio

Outro setor com novidade foi o meio-campo. Diante das dificuldades de trazer um armador, o Fluminense entrou em contato com o Oeste e solicitou o retorno de Danielzinho, que tinha contrato de empréstimo com o time paulista até o final de 2018. Como compensação, o Tricolor cederá o também meia Luquinhas.