Após as várias contratações ao longo das últimas temporadas, o Flamengo está muito perto de se despedir de Guerrero, um dos jogadores mais importantes para o elenco. O peruano chegou ao clube depois de uma grande passagem pelo Corinthians, onde foi campeão mundial e marcou o gol do título corintiano. Desde que chegou ao Flamengo, Guerrero se tornou um dos jogadores mais aclamados pela torcida. Apesar disso, o jogador deve se despedir da equipe sem ter feito uma grande temporada até aqui.

A diretoria do Flamengo e os representantes de Guerrero já vêm conversando sobre uma renovação contratual desde o ano de 2017, no entanto, as ofertas dadas pela diretoria rubro-negra e o valor pedido de Guerrero estão muito distantes e isso tem dificultado a renovação desde o início das conversas.

Publicidade

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo, sempre reiterou a sua vontade em renovar o vínculo de Guerrero com o Flamengo. Durante a apresentação de Vitinho, inclusive, o presidente rubro-negro afirmou que estava confiante na permanência do atacante e que as negociações com o peruano estavam em andamento.

Pedidos de Guerrero x Oferta do Flamengo

Para renovar com o clube carioca, o peruano, quer que o seu salário seja mantido e o clube estenda o seu atual vínculo por mais três anos. Porém, de acordo com o Esporte Interativo, o Flamengo já decidiu que não aceitará essas condições, isso porque a diretoria flamenguista não acha vantajoso para o clube a renovação do contrato de um jogador de 34 anos.

Diante disso, ainda segundo o Esporte Interativo, durante as negociações com Guerrero, o Flamengo tem oferecido ao atacante um contrato até o fim de 2019. Já com relação aos salários, o clube também não aceita manter as mesmas bases salariais que o atacante vem recebendo, fato que tem dificultado um acordo entre as partes.

Clima de adeus

Segundo alguns jogadores próximos a Guerrero, o atacante não deve mesmo permanecer na Gávea. O atacante ainda não completou sete jogos pelo Flamengo no Brasileirão e isso pode ser um facilitador para que o peruano se transfira para outra equipe no Brasil.

Publicidade

Se as partes não chegarem a um acordo, o atacante só ficará no Flamengo até o dia 10 desde mês. Guerrero atualmente não está em condições de jogo e, por isso, não foi relacionado para o jogo contra o Grêmio, neste sábado, em Porto Alegre. Por conta disso, o jogador pode ter feito a sua última partida com a camisa rubro-negra no último domingo, contra o Sport, pelo Brasileirão.