Kayke está muito perto de acertar com o Fluminense. No final da tarde da última terça-feira (14), o centroavante de 30 anos chegou ao Rio e iniciou os exames médicos. Caso não haja qualquer imprevisto, assinará um vínculo de empréstimo com o Tricolor até o final da temporada. Dono dos direitos federativos do atleta, que estava no Bahia, o Yokohama Marinos, do Japão, pagará parte dos seus vencimentos.

Por se tratar de um repasse, o negócio não depende do fechamento da janela de contratações do exterior, marcado para esta quarta.

Publicidade
Publicidade

Trata-se de uma operação normal, autorizada pela Fifa.

Formado no Flamengo, Kayke, além de Yokohama Marinos e Bahia, tem passagens pelo Brasiliense, Macaé, Vila Nova, Hacken-SUE, Tromso-NOR, Aalborg-DIN, Paraná, Atlético-GO, ABC e Santos. No início do ano, indicado pelo então técnico Abel Braga, quase desembarcou no Fluminense. Na época, porém, a demora em Henrique Dourado acertar se deixaria o Tricolor levou o negócio a não acontecer.

O investimento em Kayke se deu por conta de o Fluminense ter mais uma alternativa no caso de uma convocação ou venda de Pedro. No momento, João Carlos é o reserva imediato do atual artilheiro do Campeonato Brasileiro.

Kayke se aproxima de reforçar o Fluminense (Foto: Felipe Oliveira)
Kayke se aproxima de reforçar o Fluminense (Foto: Felipe Oliveira)

Delegação faz reconhecimento do gramado de estádio em Montevidéu

Enquanto isso, em Montevidéu, jogadores e comissão técnica do Fluminense fizeram o reconhecimento do estádio Luis Franzini, onde será realizada a partida de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana, na quinta, às 21h45 (de Brasília), contra o Defensor, do Uruguai.

Não houve qualquer trabalho com bola. Os atletas, acompanhados do técnico Marcelo Oliveira e do preparador de goleiros André Carvalho, caminharam por aproximadamente dez minutos no gramado, que, apesar das recentes chuvas na capital uruguaia, estava em boas condições.

Publicidade

A delegação também foi aos vestiários.

O último treino acontecerá no final da tarde na Escola Naval. Como de praxe, a imprensa não terá acesso ao local. Diante da péssima exibição na derrota, em casa, por 3 a 0 para o Internacional na segunda passada pelo Brasileirão, há a possibilidade do retorno do esquema com três zagueiros. Nesse caso, Ibañez entraria ao lado de Gum e Digão, ou Aírton seria recuado para exercer a função e Richard formaria a dupla de volantes com Jádson.

No ataque, Pedro tem presença assegurada, e Marcos Júnior disputaria uma vaga com Matheus Alessandro.

Como venceu por 2 a 0 há cerca de duas semanas no Maracanã, o Fluminense se classifica para as oitavas de final até perdendo por um gol de diferença. Derrotas por dois gols também servem. Nesse caso, porém, o Tricolor necessita balançar as redes. Caso o Defensor devolva o placar do jogo de ida, haverá disputa de pênaltis. Quem avançar, enfrenta o Deportivo Cuenca, do Equador.

Publicidade

Leia tudo e assista ao vídeo