Uma verdadeira bomba explodiu na mídia esportiva brasileira na manha desta quinta-feira (9). A Turner anunciou o encerramento das atividades do canal de TV por assinatura Esporte Interativo, que dentre as atrações de sua grande tinha a Liga dos Campeões da Europa, exclusiva para canais fechados, a Copa do Nordeste e havia fechado com alguns clubes os direitos de transmissão do próximo Campeonato Brasileiro.

A principal razão para o encerramento das atividades do canal era a falta de retorno e várias tentativas para salvar o negócio foram feitas. Exceto pela transmissão dos jogos da Liga dos Campeões, a audiência baixa do canal, além da perda de assinantes da TV brasileira, também pesaram na decisão. Outro fator que contribuiu para o encerramento das atividades foi a aquisição da própria Turner pelo grupo pela AT&T, gigante de telecomunicações americana.

Para se aquedar à legislação brasileira, o grupo precisou reduzir suas operações em solo brasileiro para que correr o risco de sofrer acusações de abuso de pode econômico.

De acordo com informação publicada pelo portal UOL, a decisão já havia sido tomada pela matriz americana há um mês, porém somente nesta quinta-feira que os funcionários ficaram sabendo da decisão e 250 profissionais foram demitidos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Santos PaixãoPorFutebol

Logo após o anúncio, os dois canis do Esporte Interativo passaram a mostrar um documentário, mas sem a marca da emissora na tela.

Ele foi adquirido pelo grupo americano em 2014 por 250 milhões de reais, que de quebra ainda investiu mais 130 milhões de reais para trazer a UEFA Champions League com exclusividade os canais fechados, quebrando uma hegemonia de duas décadas da ESPN, que até então tinha os direitos de transmissão para o Brasil. Os jogos desta competição serão repassados para os canais Space e TNT, que também pertencem ao grupo e serão mantidos.

Como ficam nos clubes

Em uma ousada tentativa de quebrar o monopólio dos Organizações Globo com relação aos campeonatos nacionais, há alguns anos o Esporte Interativo, municiado pelo pesado investimento da Turner, conseguiu seduzir alguns clubes a assinarem contratos para a exibição de seus jogos do Campeonato Brasileiro de forma exclusiva a partir de 2019. Santos, Palmeiras e Internacional foram alguns dos clubes a fechar com o EI.

O grupo afirmou que mesmo com o encerramento dos canais esportivos, irá cumprir seus compromissos firmados junto a UEFA, transmitindo a Liga dos Campeões pelos próximos três anos, e também com os clubes brasileiros, no que diz respeito à transmissão de seus jogos no Campeonato Brasileiro até 2014. As paginas nas redes sociais do Esporte Interativo seguirão ativas e recebendo conteúdo normalmente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo