A pedido da empresa Greenleaf para trocar o gramado do Maracanã, o Fluminense não poderá enfrentar o Grêmio e o Paraná, ambos válidos pelo Campeonato Brasileiro, no palco das decisões da Copa do Mundo de 2014 e dos torneios de Futebol (masculino e feminino) das Olimpíadas de 2016. Por conta disso, o Tricolor vem negociando diretamente com o Botafogo para atuar, nesses dois compromissos, no Nilton Santos.

A partida contra o Grêmio, que acontecerá no dia 29 de setembro, está quase garantida no estádio alvinegro.

Publicidade
Publicidade

O mesmo, porém, não deve ocorrer no dia 08 de outubro diante do Paraná. Pelo fato de estar atravessando enormes dificuldades financeiras, o clube das Laranjeiras analisa a possibilidade de enfrentar o time paranista em uma cidade fora do estado do Rio de Janeiro.

Segundo informações de bastidores, Cariacica e Brasília surgem como as principais favoritas. Outras possibilidades seriam Juiz de Fora e Cuiabá. Tudo será definido na próxima semana. O Fluminense também corria o risco de ficar sem o Maracanã na partida contra o Deportivo Cuenca, do Equador, no próximo dia 04 de julho pela Copa Sul-Americana, mas um acordo com o consórcio gestor do estádio e garantiu a manutenção do local.

Fluminense ficará dois jogos do Brasileirão longe do Maracanã (Foto: Lancepress)
Fluminense ficará dois jogos do Brasileirão longe do Maracanã (Foto: Lancepress)

Treino de sábado encerra preparação para jogo na Arena da Baixada

Antes de Grêmio, Paraná e Deportivo Cuenca, o Fluminense terá uma missão bastante complicada no domingo. A partir das 16h (de Brasília), na Arena da baixada, em Curitiba, depois de vencer o Botafogo por 1 a 0, enfrentará, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pensando em buscar mais três pontos, a equipe carioca realizou, na manhã deste sábado, no CT Pedro Antônio, o último treinamento da semana.

Publicidade

Inicialmente, o técnico Marcelo Oliveira comandou uma atividade tática com foco em bolas paradas, tanto ofensiva, quanto defensiva. Logo após, os jogadores treinaram finalização, faltas e pênaltis. Para encerrar, o tradicional recreativo.

Como a atividade, mais uma vez, não contou com a presença dos jornalistas, segue a dúvida se o equatoriano Junior Sornoza, que retorna após servir a seleção de seu país em dois amistosos Data Fifa contra Jamaica e Guatemala, começará normalmente como titular ou se ficará no banco.

Nesse segundo caso, Luciano permaneceria sendo o responsável pela armação das jogadas.

No restante, o time será quase o mesmo, inclusive o goleiro Júlio César, recuperado de um problema nas costas. A exceção fica por conta de Ayrton Lucas, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Marlon ganha uma oportunidade na lateral-esquerda.

Somando 31 pontos, o Fluminense ocupa o nono lugar no Brasileirão e, se vencer o Atlético-PR, pode ficar a uma posição do G-6, grupo dos classificados para a Taça Libertadores da América de 2018.

Publicidade

Leia tudo e assista ao vídeo