No início da tarde desta sexta-feira (21), o Fluminense [VIDEO] liberou os postos de venda dos ingressos para o confronto de volta das oitavas de final da Copa Sul-americana, no próximo dia 04 de outubro, às 19h30 (de Brasília), no Maracanã, diante do Deportivo Cuenca, do Equador.

Para esta partida, será novamente disponibilizado o Setor Leste Superior com ingressos promocionais a R$ 10 a meia-entrada e R$ 20 a inteira. Essa medida visa facilitar a presença de mais torcedores, e não acarretar em um grande aumento do gasto operacional.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal PaixãoPorFutebol

Os postos abrem no sábado e eles ficarão abertos das 10 às 17 horas (de Brasília) até a véspera do jogo. Confira, abaixo, os locais disponibilizados pela diretoria do Flu, e os preços dos bilhetes.

Postos físicos:

- Sede do Fluminense - Rua Álvaro Chaves, nº 41, Laranjeiras;

- Bilheterias 1 e 2 do Maracanã;

- Loja Torcedor Carioca no Rio Shopping, em Jacarepaguá;

- Loja Oficial do Fluminense Football Club no Shopping Nova Iguaçu;

- Loja Fanáticos, em Araruama;

- Clube Canto do Rio, em Niterói.

Preços:

- Setores Sul, Leste Inferiores e Norte - R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)

- Setor Leste Superior - R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

No dia do jogo, funcionarão apenas as bilheterias das Laranjeiras e do Maracanã. A venda para os associados do Fluminense começaram na semana passada. Já a aquisição pela Internet teve início na última segunda-feira. A expectativa é por um público de 30 a 10 mil torcedores, especialmente após a vitória de 2 a 0 [VIDEO] no duelo de ida, acontecido na noite de quinta, no estádio Casablanca, em Quito, capital do Equador, resultado que assegurou, ao Tricolor, a vantagem de até perder por um gol de diferença para avançar na Sul-Americana.

O Deportivo Cuenca só reverte a situação se vencer por três ou mais gols. Caso os equatorianos devolvam o placar do primeiro confronto, haverá disputa de pênaltis.

Na volta ao Brasileirão, Flu encara alçapão de Chapecó

Encaminhada a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana, o Fluminense volta a focar a sua atenção para o Campeonato Brasileiro e, após os quase três mil metros da altitude de Quito, terá que superar outro grande obstáculo. Na segunda, às 20h (de Brasília), no alçapão da Arenda Condá, em Chapecó, oeste de Santa Catarina, enfrentará a Chapecoense.

Para esse desafio, o técnico Marcelo Oliveira não quis confirmar, mas deu a entender que pode manter o esquema com três zagueiros. Sendo assim, Roger Ibañez deve permanecer ao lado de Gum e Digão. Além disso, Luciano, autor de dois gols nos últimos jogos, tem chances de ser mantido como o substituto de Pedro, que será submetido a uma intervenção cirúrgica e só ficará novamente à disposição em 2019, com Kayke indo para o banco de reservas.

Quem também não joga são o lateral-direito Gilberto, o volante Dodi e o atacante Pablo Dyego, todos lesionados.

Com 31 pontos, o Fluminense está em 10º lugar no Brasileirão e necessita da vitória para continuar buscando uma vaga no G-6, zona dos que estariam na próxima Taça Libertadores da América.