O Fluminense teve fôlego para superar a altitude de 2.850 metros de Quito e qualidade para segurar a pressão do Deportivo Cuenca. Na noite desta quinta-feira, no Estádio Csablanca, da LDU, o Tricolor venceu por 2 a 0, gols de Everaldo e Luciano, no jogo de ida das oitavas-de-final da Copa Sul-americana.

Além de encaminhar a vaga na próxima fase da competição, a equipe das Laranjeiras quebrou um incômodo tabu. Foi a primeira vitória da equipe carioca no Casablanca. Nas quatro vezes anteriores, houve um empate e três derrotas.

O duelo de volta acontece somente no próximo dia 04 de outubro, às 19h30 (de Brasília), no Maracanã. O Fluminense pode até perder por um gol para garantir presença nas quartas-de-final da Sul-Americana. Ao Deportivo, apenas vitórias por três ou mais tentos de diferença. Caso devolva os 2 a 0, levará o confronto para os pênaltis.

Antes, na segunda, às 20h (de Brasília), o Flu volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro, encarando, na Arena Condá, em Chapecó, a Chapecoense.

Com volta de esquema defensivo, Flu segura pressão e é cirúrgico na hora de definir

Sem contar com Pedro, Gilberto, Pablo Dyego e Dodi, lesionados, além de Kayke, que não pode ser inscrito, Marcelo Oliveira decidiu mudar o esquema tático: escalou Ibañez, retomando o sistema 3-5-2, e Luciano como centroavante.

Apesar de modificado, o Fluminense, à exceção de uma falha de Digão, que permitiu Rojas invadir a área sem marcação e perder gol, mostrou-se bem armado, soube dosar o esforço para evitar o cansaço provocado pela altitude e não correu riscos.

Aos 22 minutos, depois de receber belo passe de Luciano, Everaldo ganhou na corrida dos zagueiros e, de pé direito, abrindo o placar para o Fluminense. Na sua melhor exibição desde que chegou às Laranjeiras, o ex-atacante do São Bento quase fez o segundo ao tentar encobrir o goleiro Heras.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
PaixãoPorFutebol Fluminense

A bola, caprichosamente, bateu no travessão e foi pela linha de fundo.

O Deportivo Cuenca voltou com tudo em busca do empate logo após o intervalo. O Flu contou com a sorte e um erro de arbitragem, que marcou impedimento inexistente de Pita, que chutou, a bola desviou em Gum e enganou o goleiro. Sosa, em duas oportunidades, cabeceou na trave. por pouco, também não balançou as redes.

Passado o sufoco, o Fluminense controlou as ações e, aos 38 minutos, Ayrton Lucas deu uma bela arrancada pela esquerda e cruzou.

Luciano recebeu sem marcação e decretou o resultado definitivo.

FICHA TÉCNICA

DEPORTIVO CUENCA (EQU) 0 X 2 FLUMINENSE

Competição: Copa Sul-Americana - Oitavas-de-final (Jogo de Ida)

Estádio: Estádio Casa Blanca, Quito (EQU)

Data: 20/09/2018 (quinta)

Horário: 19h30

Árbitro: Alexis Herrera, auxiliado por Carlos López e Jorge Urrego, todos da Federação Venezuelana de Futebol

Público e Renda: Não divulgados

Cartões amarelos: Bedoya e Cuero (DEP), Júlio César e Matheus Alessandro (FLU)

Cartões vermelhos: Nenhum

Gols: Everaldo (22'/1ºT) e Luciano (38'/2ºT)

DEPORTIVO CUENCA: Brian Heras; Carabalí, Bedoya, Luca Sosa, Carlos Cuero; Marco Mosquera, Jhon Rodríguez (Valverde), Rojas (Bonfigli) e Emmanuel Martínez (Abel Araujo); Edison Preciado e Jacson Pita.

Técnico: Richard Páez.

FLUMINENSE: Júlio César; Gum, Digão, Ibañez; Léo, Jadson, Sornoza (Marcos Junior), Richard, Ayrton Lucas; Everaldo (Matheus Alessandro) e Luciano (Caio)

Técnico: Marcelo Oliveira.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo