Anúncio
Anúncio

Contratado por 45 milhões de Euros, o atacante Vinícius Júnior ainda não fez sua estreia oficial com a camisa do Real Madrid. Depois de ter participado de alguns amistosos de pré-temporada enquanto parte do elenco ainda estava em férias, o jogador de 19 anos não foi aproveitado pelo técnico Julen Lopetegui e acabou sendo mandado para o time B, batizado de Real Madrid Castilla, onde fez duas partidas pela terceira divisão da Espanha.

Nesta quarta-feira (5), o jornal Marca noticiou que o jogador poderá retornar ao Flamengo em janeiro de 2019 para ficar no clube carioca por mais seis meses com o objetivo de ganhar mais rodagem em campo, retornando para a Espanha na metade do ano, quando começa a próxima temporada europeia.

Anúncio

Ainda de acordo com a publicação, esta seria uma opção prevista em contrato e permitiria ao jogador ganhar mais minutos em campo. O estafe do atleta foi procurado para responder sobre o assunto e afirmou que chance de volta ao Flamengo nessa condição é zero.

A passagem do jogador pelo time B do Real Madrid também pode ser curta. De início ele foi mandado para lá para poder ganhar mais temo em campo jogando no país, porém as entradas duras em sofreu nas duas partidas que disputou fizeram os dirigentes do clube ficarem temerosos. Contra o Atlético de Madrid B, no domingo passado, ele chegou a ser mordido por um jogador adversário. Por outro lado, nesta terça-feira (4), ele foi inscrito pelo Real na Liga dos Campeões da Europa.

Anúncio

Dois gols e confusão

Depois de um primeiro jogo apagado no Real Madrid Castilla, no último domingo (2), Vinicius Júnior finalmente pode mostrar um pouco de seu futebol e marcou os dois gols no empate do time contra o Atlético de Madrid, além de ter se envolvido em uma confusão com um jogador adversário, o que resultou em cartão amarelo para os dois.

O ex-jogador do Flamengo balançou as redes adversárias logo nos minutos iniciais, quando o time já perdia por 1 a 0. Em jogada em velocidade pelo lado esquerdo, o atacante entrou pela diagonal e chutou no contrapé do goleiro. O gol da virada veio aos 29 minutos, em um belo chute de fora da área que acertou o ângulo do goleiro adversário.

Aos 36 minutos do primeiro tempo, ele se envolveu em uma confusão com Tacchi.

Anúncio

Depois dos dois se enroscarem, o jogador do Atlético acabou montando em cima do brasileiro, que para se desvencilhar, acabou dando uma espécie de golpe de judô no adversário, que por sua vez revidou com uma mordida na cabeça do jogador merengue. Por conda da troca de gentilezas, ambos foram advertidos com cartão amarelo.

No segundo tempo, o Atlético chegou ao empate com um gol anotado por Darío Poveda.