Com um gol de Digão aos 11 minutos do primeiro tempo, o Fluminense, na tarde deste domingo, no Maracanã, derrotou o Botafogo por 1 a 0 no clássico carioca válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, resultado que levou o Tricolor aos 31 pontos, subindo para o nono lugar da principal competição do futebol nacional. Em entrevista coletiva após o jogo, o técnico Marcelo Oliveira se mostrou bastante empolgado. Segundo ele, o clube das Laranjeiras pode embalar e, inclusive, sonhar com uma vaga no G-6, grupos dos classificados para a Taça Libertadores da América do ano que vem.

Publicidade
Publicidade

"Essa vitória de hoje fortalece o grupo, dá confiança, expectativa de ter arrancada para posições melhores. O campeonato é muito longo, por vezes, criamos metas para momentos. Isso é algo interno. Temos uma meta mínima e um desafio para essas sequência de jogos", disse.

Nem tudo foi motivo de satisfação. Assim como havia feito os jogadores, a comissão técnica e dirigentes do Flamengo há algumas semanas, o comandante do Fluminense não poupou críticas ao estado do gramado do Maracanã.

"Embora o Fluminense seja parceiro do Maracanã, como técnico tem de reclamar. O campo está muito ruim. Tem vezes que cruzamento não sai ou uma bola não é dominada por conta do campo. Todos observam isso e alguma coisa precisa deve ser tomada. O estádio é maravilhoso e precisa de um gramado bom", encerrou.

Na segunda, o elenco ganhou folga. O Fluminense só volta a campo no próximo domingo, encarando, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba, o Atlético-PR.

Publicidade

Para esse compromisso, o lateral-esquerdo Ayrton Lucas está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Marlon deverá ser o seu substituto. Em contrapartida, o meia equatoriano Junior Sornoza volta normalmente após disputar dois amistosos pela seleção de seu país.

Quarta será o Dia D para Pedro

Apesar da semana livre, o Fluminense vive uma expectativa fora de campo. Na quarta que vem, o centroavante Pedro será novamente reavaliado pelo departamento médico, quando será definido se o camisa 9 precisará passar por uma intervenção cirúrgica.

Caso a resposta seja afirmativa, o principal jogador do Tricolor em 2018 só retornaria aos gramados no na temporada que vem.

Pedro sofreu um estiramento no joelho direito há cerca de duas semanas na derrota de 2 a 1 para o Cruzeiro, no Mineirão. A princípio, o Flu trabalha com a possibilidade de ele ficar à disposição antes do jogo de ida das oitavas-de-final da Copa Sul-Americana, marcado para o dia 20 de setembro, às 19h30 (de Brasília), em Quito, contra o Deportivo Cuenca, do Equador.

Publicidade

Já em relação a Gilberto, que sofreu uma lesão no tornozelo esquerdo antes do empate de 1 a 1 com o São Paulo do último domingo, no Morumbi, a situação parece ser menos complicada e o lateral-direito tem chance de atuar no próximo final de semana.

Leia tudo