Após quase uma semana fora de casa, onde venceu por 2 a 0 o Deportivo Cuenca, do Equador, pela Copa Sul-Americana, e a Chapecoense pelo placar de 2 a 1, em partida do Campeonato Brasileiro, o Fluminense [VIDEO] retornou ao Rio de Janeiro no final da manhã desta terça-feira (25). Contando com o apoio de torcedores, o elenco desembarcou no Aeroporto Santos Dummont. Apesar do nítido desgaste, era clara a felicidade pelos dois últimos bons resultados.

O assunto, porém, não eram as vitórias tricolores, mas a divulgação do jornalista Dassler Marques, do portal UOL Esporte, de um possível interesse do Corinthians em Ayrton Lucas.

Questionado, o lateral-esquerdo, um dos destaques da equipe das Laranjeiras na atual temporada, disse que, por enquanto, não chegou qualquer proposta. Ele também reafirmou o desejo de permanecer na agremiação verde, branco e grená.

"Não chegou nada para mim e nem para o meu empresário. Estou focado no Fluminense", disse o camisa 6.

Os atletas foram liberados e só se reapresentam na quarta, à tarde, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. O próximo desafio do Fluminense acontece no sábado, às 16h (de Brasília), diante do Grêmio, na abertura da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Por conta de uma reforma no gramado do Maracanã, essa partida acontecerá no Nilton Santos.

Torcida esgota ingressos de dois setores e promete lotar o Maracanã contra o Deportivo Cuenca

Após o duelo contra o Grêmio, o Fluminense [VIDEO] voltará a campo no dia 04 de outubro, uma quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), para encarar, no Maracanã, o Deportivo Cuenca no jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana e, nesse desafio, terá casa cheia.

Segundo a assessoria de comunicação do Tricolor, não há mais ingressos para os Setores Sul Inferior e Leste Superior.

A empolgação da torcida pode ser vista tanto nas redes sociais quanto nos postos físicos de venda. Desde a abertura da venda dos bilhetes, a procura tem sido grande. Até o final da noite de segunda, mais de 10 mil entradas já haviam sido negociadas e a expectativa é de um público superior a 40 mil presentes para empurrar o time na competição.

O Fluminense vem realizando uma bela campanha na atual Sul-Americana. Na primeira fase, despachou o Nacional Potosi, da Bolívia. Em seguida, não tomou conhecimento do Defensor, do Uruguai. Se eliminar o Deportivo Cuenca (pode até perder por um gol de diferença), enfrentará, nas quartas de final, o vencedor de San Lorenzo (Argentina) e Nacional (Uruguai)