O Fluminense não poderá mandar os seus jogos no Maracanã por um determinado período. Segundo reportagens do jornal O Globo e do portal UOL Esporte, a empresa Greenleaf solicitou a interdição do estádio até o próximo dia 09 de outubro, a fim de realizar a troca total do gramado. Ao longo desse tempo, os únicos compromisso previstos para o local são os jogos do Flamengo na quarta, às 21h45 (de Brasília), contra o Corinthians, válido pelas semifinais da Copa do Brasil, e no dia 23 de setembro, às 16h (de Brasília), diante do Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro.

Publicidade
Publicidade

Sendo assim, o Tricolor das Laranjeiras terá que encontrar outra praça para enfrentar Grêmio (dia 29 de setembro), Paraná (dia 06 de outubro), ambos pelo Brasileirão, além do compromisso de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana diante do Deportivo Cuenca, do Equador, marcado para 04 de outubro. Esse último, porém, a diretoria da equipe carioca já avisou que buscará um adiamento para 11 de outubro, quando o Maracanã, de acordo com a previsão da Greenleaf, estará novamente liberado.

Publicidade

O gramado do Maracanã vem sendo alvo de muitas críticas. No último domingo, em entrevista coletiva após a vitória de 1 a 0 sobre o Botafogo, o técnico do Fluminense, Marcelo Oliveira, assim como havia feito, dias antes, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, e o meia rubro-negro Diego Ribas, mostrou-se inconformado com as condições apresentadas para a prática do futebol no campo do palco da final da Copa do Mundo de 2014.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

"Tem vezes que cruzamento não sai ou uma bola não é dominada por conta do campo. Todos observam isso e alguma atitude precisa e deve ser tomada. O estádio é maravilhoso e precisa de um gramado bom", esbravejou o comandante tricolor.

Nilton Santos e Giulite Coutinho surgem como opções para suprir ausência do Maracanã

Mesmo tendo um enorme prejuízo financeiro, o Fluminense não esconde a sua predileção pelo Maracanã.

Sem poder contar com a sua "casa", o Tricolor terá que buscar alternativas e duas delas surgem como favoritas.

A primeira é entrar em acordo com o Botafogo e utilizar as instalações do Nilton Santos, local de boas recordações, pois foi lá que a agremiação verde, branco e grená comemorou os seus títulos mais recentes, dentre eles, os Campeonatos Brasileiros de 2010 e 2012.A segunda também não seria uma novidade.

Publicidade

Assim como fez em grande parte da temporada de 2016, o Flu poderia mandar as suas partidas no estádio Giulite Coutinho, campo do América-RJ, localizado em Édson Passos, distrito de Mesquita, região metropolitana do Rio de Janeiro.

Outras opções são o Estádio da Cidadania, em Volta Redonda, e São Januário, do Vasco. Essas, porém, têm chances remotas de acontecer.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo