O pior dos cenários aconteceu para o Fluminense. Através de um vídeo divulgado no site oficial do Tricolor, o doutor Michel Simoni, responsável por gerir o departamento médico da agremiação, confirmou a necessidade de uma intervenção cirúrgica em Pedro para o centroavante se recuperar de um estiramento no joelho direito.

Publicidade
Publicidade

Dessa maneira, ele só retornará aos gramados no ano que vem.

"O atleta Pedro teve uma entorse no joelho direito, aproximadamente 22 dias atrás, foi avaliado inicialmente, iniciado um tratamento fisioterápico. Havia esperança de que o atleta eventualmente pudesse evoluir sem o tratamento cirúrgico. Houve nesse momento, um pedido da parte do jogador e do seu Staff que não se mencionasse, não se falasse sobre questões médicas por questões pessoais do jogador.

Pedro será submetido a cirurgia e só volta em 2019 (Foto: Reprodução/Net Flu)
Pedro será submetido a cirurgia e só volta em 2019 (Foto: Reprodução/Net Flu)

Vários motivos que não nos diz respeito", disse o médico.

Ainda segundo Michel Simoni, a cirurgia demorará um pouco a acontecer. A expectativa é que esse procedimento demore de duas a três semanas.

O camisa 9 da equipe verde, branco e grená se lesionou na derrota de 2 a 1 para o Cruzeiro, em Belo Horizonte, pelo Campeonato Brasileiro. Até aquele momento, o atleta do clube das Laranjeiras era o principal artilheiro do certame com dez gols. De lá para cá, Gabriel Barbosa, o Gabigol, do Santos, deu uma arrancada e assumiu o posto, chegando a doze gols.

Publicidade

Além dele, Ricardo Oliveira, do Atlético-MG, igualou a marca de Pedro.

Para tentar suprir a ausência de seu principal jogador na temporada, o Fluminense foi ao mercado e contratou, junto ao Bahia, Kayke, centroavante revelado no Flamengo e com passagens por Santos e futebol japonês, mas, por enquanto, o novo comandante do ataque não agradou e, inclusive, corre o risco de ser barrado. Se isso acontecer, o técnico Marcelo Oliveira tem, como alternativas, Júnior Dutra e Luciano, que já atuaram na função durante passagens pelo Corinthians.

Caso a opção seja mudar a forma de jogar do time e não ter uma referência no sistema ofensivo, Pablo Dyego é o principal candidato a ganhar uma oportunidade.

Elenco faz último treino antes de viagem a Quito para confronto da Sul-Americana

Buscando se refazer da má notícia sobre Pedro, o Fluminense realizou, na manhã desta terça-feira, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, o último treino antes da viagem para Quito.

Publicidade

local da partida de quinta, às 19h30 (de Brasília), no estádio Casablanca, contra o Deportivo Cuenca, do Equador, o primeiro entre ambos pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Para esse compromisso, o lateral-esquerdo Ayron Lucas, que não participou da derrota de 3 a 1 para o Atlético-PR do último domingo, em Curitiba, pelo Brasileirão, por estar suspenso, volta normalmente no lugar de Marlon. Em contrapartida, o volante Dodi, com uma lesão muscular, não estará presente.

Publicidade

Aírton deve ser o seu substituto.

A delegação segue para Quito no início da tarde. Na capital equatoriana, haverá apenas o treino de reconhecimento do gramado do estádio Casablanca. O jogo de volta entre Fluminense e Deportivo Cuenca está agendado para o dia 04 de outubro, às 19h30 (de Brasília), no Maracanã. Quem passar, enfrenta o vencedor de San Lorenzo (Argentina) e Nacional (Uruguai).

Leia tudo