Na manhã desta terça-feira (18), o Fluminense realizou, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, o último treino no Rio de Janeiro antes do compromisso de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Na quinta, às 19h30 (de Brasília), no estádio Casablanca, em Quito, o Tricolor encara o Deportivo Cuenca, do Equador. Os titulares ficaram na academia para um trabalho de reforço muscular, enquanto os demais atletas foram a campo e fizeram uma atividade tática em espaço reduzido.

Publicidade
Publicidade

Diante disso, segue o mistério de qual time irá a campo. Após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo no último domingo pelo Campeonato Brasileiro (derrota de 3 a 1 para o Atlético-PR, em Curitiba), Ayrton Lucas reassume a lateral-esquerda na vaga de Marlon. Em contrapartida, Gilberto ainda se recupera de um edema na coxa e segue sendo substituído por Léo na ala direita. Outro desfalque é Dodi, que sofreu uma lesão muscular.

Publicidade

Aírton deve formar a dupla de volantes com Richard.

A lista de ausências é completada por Kayke. Como já atuou pelo Bahia, o centroavante não pode ser inscrito pelo Fluminense na Sul-Americana. Luciano, Pablo Dyego e Júnior Dutra disputam uma vaga ao lado de Everaldo no ataque.

Jogadores estavam tristes por Pedro e irritados com Abad no treinamento

Durante o treinamento, era nítido o abatimento do grupo por conta de Pedro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Em vídeo gravado no Twitter Oficial do clube carioca, Michel Simoni, responsável pela gestão do departamento médico da agremiação verde, branco e grená, confirmou que o jogador, artilheiro e principal jogador da equipe na temporada, precisará ser submetido a uma intervenção cirúrgica e só retornará aos gramados em março de 2019. No último dia 02 de agosto, na derrota de 2 a 1 para o Cruzeiro, no Mineirão, ele sofreu um estiramento nos ligamentos do joelho direito.

Essa contusão provocou, inclusive, o seu corte dos amistosos da Seleção Brasileira nos Estados Unidos contra os donos da casa e El Salvador, acontecidos na semana passada.

Além da tristeza pelo acontecido com Pedro, os jogadores não escondiam a irritação. Na noite de segunda, eles se reuniram com o presidente Pedro Abad e, do mandatário, escutaram que o Fluminense reconhece a existência de salários atrasados e tudo está sendo feito para haver uma regularização.

Publicidade

No entanto, não foi estipulado prazo para tal pendência ser saneada, fato que gerou o elenco a tomar a iniciativa de só voltar a se reunir com o dirigente quanto tiver algo mais concreto.

Nesse misto de incerteza, indignação e abalo emocional, o Fluminense embarcou para Quito no início da tarde. A chega a Quito acontece na parte da noite. Na quarta, haverá o treino de reconhecimento do estádio Casablanca.

Publicidade

No dia 04 de outubro, também às 19h30 (de Brasília), Fluminense e Deportivo Cuenca disputam a partida de volta no Maracanã. Quem avançar, enfrenta, nas quartas de final da Sul-Americana, o vencedor de San Lorenzo (Argentina) e Nacional (Uruguai)

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo