O Cruzeiro fez história na noite desta quarta-feira (17), ao vencer o Corinthians na casa do rival, em São Paulo, por 2 a 1 e garantir recordes ao clube: O time é o primeiro a ganhar a Copa do Brasil por duas vezes consecutivas e é o único a ser hexacampeão do torneio.

Abrindo o placar

Após roubada de bola em Léo Santos, Rafinha tocou para Barcos, que chutou na trave. No rebote, Robinho balançou a rede e abriu o placar.

O pênalti com gol do Corinthians

Aos 7' do segundo tempo, o juiz marcou pênalti de Thiago Neves em Ralf após consultar o árbitro de vídeo. A penalidade foi cobrada por Jadson, que fez o primeiro gol do Corinthians aos 9' do segundo tempo.

Publicidade

Consulta ao árbitro de vídeo foi decisiva

Pedrinho fez um gol aos 24' do segundo tempo de fora da área e virou o jogo para o Corinthians. Mas após consulta ao árbitro de vídeo, o gol teve que ser anulado porque uma falta de Jadson em Dedé no lance anterior não tinha sido marcada.

Esse foi o segundo lance do jogo em que se viu necessário consultar o árbitro de vídeo, uma vez que o pênalti que Thiago Neves cometeu em Ralf também precisou de revisão.

Em entrevista após o jogo, o capitão do time celeste, Henrique, alegou que as decisões são questionáveis e que torce para que o uso dessa tecnologia nos jogos melhore e transmita mais clareza.

O gol da vitória

Arrascaeta só entrou em campo no segundo tempo e mostrou a que veio. Em uma jogada em que recebeu passe de Raniel, o atacante uruguaio aproveitou a saída de Cássio e marcou o gol da vitória e do hexa do Cruzeiro, aos 36' do segundo tempo e calou o Itaquerão.

Publicidade

As comemorações

A delegação campeã retorna a Belo Horizonte na tarde dessa quinta-feira (18), mas as comemorações na capital mineira começaram logo após o fim do jogo, especialmente na região Centro-Sul. O departamento de marketing do Cruzeiro espalhou pela cidade 35 painéis de LED exibindo um vídeo com a mensagem: "Nós fizemos história mais uma vez. Nós somos hexa, nós somos cruzeiro".

Localizada no bairro Barro Preto, a sede do clube foi iluminada em azul e branco e cada andar piscava uma das cores de forma intercalada.

A diretoria do Cruzeiro organizou uma festa que promete cobrir Belo Horizonte de azul e branco, para comemorar a conquista do título e a quebra histórica de recordes. Com a chegada do avião no aeroporto de Confins prevista para aproximadamente 12h:10, os hexacampeões seguirão para o batalhão do Corpo de Bombeiros, localizado na Avenida Antônio Carlos, subirão em um caminhão e seguirão pela mesma avenida até a Praça Sete, no centro da capital.