Na noite desta quinta-feira (18), mais uma vez, o futebol foi deixado de lado para dar lugar à violência nos gramados brasileiros. O primeiro jogo da decisão do Campeonato Brasileiro [VIDEO] Sub-20, entre Vitória e Palmeiras, disputado no estádio Barradão, em Salvador, e que terminou com o placar apontando 4 a 1 em favor da equipe paulista foi manchado por uma confusão generalizada, com direito a invasão de campo e agressão a jogadores.

A briga começou logo após o quarto gol palmeirense, marcado por Anibal, já nos acréscimos da partida. Na comemoração, o jogador Weslei, que deu o passe para gol, teria provocado a torcida adversária, o que gerou revolta dos adversários, que partiram para cima dele para tomar satisfações.

Houve invasão de campo e tentativa de agressão aos jogadores.

Um dos torcedores que invadiu o campo, [VIDEO] tentou dar um soco em um jogador do Palmeiras, mas depois teve que recuar e ainda quase levou um chute do goleiro do Palmeiras, além de se esquivar de um golpe de cassetete. Ele ainda correu em direção ao alambrado, mas antes que pudesse pular de volta para as arquibancadas foi seguro por um dos árbitros e entregue a um policial. Depois de muito tumulto a arbitragem decidiu por encerrar o confronto, mas não sem antes expulsar Wesley, que foi o responsável por todo início do tumulto.

O jogo

Confirmando sua condição de visitante indigesto nesse campeonato, o Palmeiras não demorou muito para abrir o marcador e o primeiro gol saiu logo aos 19 minutos, quando a zaga do Vitória saiu jogando errado com Paulo Vitor e a bola ficou com Neris, que serviu Luan na entrada da área, e este, de esquerda, não perdoou e estufou as redes.

O segundo gol palmeirense saiu aos 43 minutos, quando Gabriel Furtado afastou bola, que sobrou com Luan Candido. O meia avançou e tocou para Yan, que sai na cara do gol, mas preferiu servir Papagaio, que completamente livre, ampliou o marcador.

Papagaio voltou a balançar as redes no começo dos segundo tempo, quando, logo aos cinco minutos, ele invadiu a área do Vitória e encheu o pé e fazer 3 a 0. O Vitória descontou aos 19 minutos com Caíque, batendo penalidade, que também gerou a expulsão do zagueiro Gabriel. Mesmo com um a menos, o Verdão chegou ao quarto gol, já nos acréscimos, com um lindo gol de Aníbal, que tocou por cobertura. O tento gerou a comemoração que culminou em toda a confusão.

Os times voltam a jogar na próxima quinta-feira (25), às 19h15 (de Brasília), no Allianz Parque.