Poucas horas após, mais uma vez, derrotar o Deportivo Cuenca por 2 a 0, dessa vez na noite da última quinta, no Maracanã, e assegurar a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana, o Fluminense voltou aos treinamentos na manhã desta sexta-feira.

Publicidade
Publicidade

Como de praxe, o grupo foi dividido. Enquanto os titulares fizeram um trabalho regenerativo na academia do CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, os demais, sob a orientação do técnico Marcelo Oliveira, realizaram uma atividade tática em espaço reduzido.

O destaque da reapresentação da equipe das Laranjeiras ficou por conta dos retornos de Dodi e Aírton. Desfalques na Sul-Americana por diferentes motivos (lesão na coxa e problemas particulares, respectivamente), os dois volantes participaram normalmente do treino e, se tudo correr dentro do previsto, estarão normalmente à disposição de Marcelo Oliveira para o compromisso da próxima segunda, às 20h (de Brasília), novamente no Maracanã, dessa vez, diante do Paraná, na volta ao Campeonato Brasileiro.

Recuperado de lesão, Dodi treina normalmente e pode retornar contra o Paraná (Foto: Maílson Santana)
Recuperado de lesão, Dodi treina normalmente e pode retornar contra o Paraná (Foto: Maílson Santana)

Outra novidade ficou por conta de Brian Cabezas. Contratado há alguns meses, o meia-atacante equatoriano tem chance de, finalmente, entrar em campo pela primeira vez com a camisa do Fluminense.

Léo passará por reavaliação médica e Marcelo Oliveira corre o risco de ser obrigado a improvisar na lateral-direita

Em contrapartida, o lateral-direito Léo, que precisou ser substituído ainda na etapa inicial do jogo contra o Deportivo Cuenca com um incômodo muscular na coxa esquerda, será reavaliado pelo departamento médico.

Publicidade

Caso seja vetado, o Flu deverá ser obrigado a improvisar Matheus Norton na função, já que Gilberto segue tratando de um edema ósseo no tornozelo e sem prazo de retorno aos gramados.

Se optar por um especialista, Marcelo Oliveira poderá ir até o Sub-20 e escalar Diogo, um dos destaques do time comandado pelo uruguaio Léo Percovich.

No sábado, também pela manhã, o elenco realiza mais um treino no CT Pedro Antônio. No Brasileirão, o Fluminense, com 34 pontos, ocupa o 10º lugar e necessita vencer para se aproximar do G-6 do torneio, região que assegura presença na Taça Libertadores de 2019.

Já na Sul-Americana, os cariocas aguardam a definição da Conmebol para saber quando enfrentará o Nacional, do Uruguai. Lembrando que a partida de ida será realizada no Maracanã, na cidade do Rio de Janeiro, e, por conseguinte, a volta acontecerá no Gran Parque Central, em Montevidéu.

Leia tudo