O Fluminense terá dois importantes "reforços" para o compromisso de domingo, às 16h (de Brasília), diante do Atlético-MG no Nilton Santos, válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista concedida após o treino realizado no CT Pedro Antônio na manhã desta sexta-feira, o técnico Marcelo Oliveira confirmou as voltas do equatoriano Junior Sornoza e do lateral-direito Léo.

"O Sornoza está confirmado. Vai jogar. É um jogador que confiamos, é importante, principalmente para esse jogo. Léo nesse momento é o lateral-direito que temos em condições de jogo e está cumprindo bem tanto na linha de quatro quanto como ala, atacando", esclareceu Marcelo.

Sornoza não participou das vitória de 4 a 0 sobre o Paraná e derrota de 3 a 0 para o Flamengo, ambos os jogos ocorridos no Maracanã, por estar servindo a seleção do Equador em dois amistosos Data-FIFA. Já Léo cumpriu suspensão no Fla-Flu pelo terceiro cartão amarelo.

Com as confirmações de Marcelo Oliveira, a tendência é que o Fluminense [VIDEO] venha a campo tendo Júlio César; Gum, Digão e Roger Ibañez; Léo, Richard, Jádson, Junior Sornoza e Ayrton Lucas; Everaldo e Luciano. Existe, porém, a possibilidade de Daniel Simões entrar no meio na vaga de Richard ou Roger Ibañez.

Marcelo Oliveira pede forte marcação e desdenha de jejum em relação a novo técnico do adversário

A partida contra o Atlético-MG será a segunda do Fluminense no Nilton Santos nesse atual Brasileirão. Na primeira, o Tricolor, com um gol de Éverton aos 48 minutos do segundo tempo, acabou sendo derrotado pelo Grêmio por 1 a 0.

Querendo evitar uma nova decepção, o técnico Marcelo Oliveira pediu empenho para anular as principais peças do time adversário.

"O Atlético tem um time habilidoso, de boa técnica. Precisamos marcar melhor. Vejo semelhança com jogo do Flamengo. Time técnico, que troca muita bola. Temos de propor o jogo", disse.

Vivendo uma fase turbulenta, o Galo, na última quarta, demitiu o treinador Thiago Larghi e, em seu lugar, chega Levir Culpi, profissional o qual Marcelo Oliveira jamais venceu nas outras equipes as dirigiu. O comandante tricolor disse não se importar com números, mas espera quebrar esse jejum no final de semana.

"Não me impressiono com estatísticas nem quando é muito favorável e se pode sentir confortável, nem assim também. Quem sabe dessa vez não possa ser diferente", finalizou.

Somando 37 pontos, o Fluminense [VIDEO] é o oitavo colocado no Brasileirão e, se vencer o Atlético-MG, continuará na luta pelo G-6, região daqueles que estarão na próxima Taça Libertadores.