Focado no duelo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana na próxima quarta, às 19h30 (de Brasília), no estádio Parque Central, em Montevidéu, diante do Nacional, do Uruguai, o Fluminense escalou os reservas neste sábado e acabou sendo derrotado, na Vila Belmiro, pelo Santos por 3 a 0, em confronto da 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar do revés, o técnico Marcelo Oliveira elogiou o desempenho do time que foi a campo e, inclusive, cogitou utilizar muitos desses jogadores no restante da atual temporada.

"Fica como positiva a entrega e a disposição dos jogadores. Pelo menos três estavam com câimbras e não saíram. Sustentamos o empate até os 35 minutos do segundo tempo, mas é sempre difícil jogar aqui. Agora temos um jogo dos mais importantes. Pretendíamos segurar o Santos, aproveitar uma bola parada ou uma arrancada. Fica a lição que alguns desses jogadores poderão ser úteis na sequência do Brasileiro e da Sul-Americana", disse o comandante.

O tropeço na Vila levou o Fluminense a permanecer nos 40 pontos, mas cair uma posição na tabela de classificação e, no momento, ser o 10º colocado no Campeonato Brasileiro, por onde volta a atuar no sábado que vem, às 17h (de Brasília), quando terá, no Maracanã, o clássico contra o Vasco.

Treinador reafirma confiança em vaga na Sul-Americana

O Fluminense não tem tempo para lamentações e, na manhã de segunda, já segue para Montevidéu.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Segundo o técnico Marcelo Oliveira, apesar das qualidades do Nacional e do empate de 1 a 1 no jogo de ida, no Rio, é possível conquistar a vaga para as semifinais da Copa Sul-Americana fora de casa, especialmente pelo fato de o grupo não ter atuado no final de semana.

"O Nacional mostrou qualidade no Rio. É possível reverter a vantagem. Vamos descansados", disse o treinador.

No domingo, os titulares fazem a última atividade no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, antes do embarque para a capital uruguaia.

Recuperado de um trauma no joelho, o zagueiro Gum, autor do gol do Flu na última quarta, estará à disposição. Em contrapartida, os laterais-direitos Léo e Gilberto seguem contundidos e devem permanecer de fora.

Para evitar uma saída precoce da Sul-Americana e, na fase seguinte, enfrentar Atlético-PR ou Bahia, o Fluminense necessita da vitória e de empates a partir de 2 a 2. Caso aconteça nova igualdade de 1 a 1 no tempo regulamentar, haverá disputa de tiros livres da marca de pênaltis

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo