As vitórias do Bahia e do Sport (1 a 0 no Botafogo e 2 a 1 sobre o Vasco, respectivamente), na rodada de sábado, aproximaram o Fluminense da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com isso, o Tricolor, mais do que nunca, precisará derrotar o Atlético-MG e deverá vir bastante ofensivo no confronto deste domingo, às 16h (de Brasília), no Nilton Santos, válido pela 30ª rodada do certame nacional.

Querendo tornar seu ataque mais produtivo, o técnico Marcelo Oliveira pode optar pela saída de um dos três zagueiros (Roger Ibañez) ou de um volante, no caso, Richard, para promover a entrada de Daniel Simões no meio.

Publicidade

Ainda dentro desse raciocínio, o recuo de Luciano para a função de armador e Júnior Dutra sendo companheiro de ataque de Everaldo também é uma forte possibilidade de escalação tricolor.

Duas coisas são certas. Após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo no Fla-Flu, Léo reassume a lateral-direita. A outra novidade é o retorno do meia Junior Sornoza que não participou das últimas duas rodadas por estar servindo a seleção do Equador em dois amistosos Data-FIFA.

Com 37 pontos e na nona colocação, o Fluminense, provavelmente, entrará em campo tendo a seguinte equipe: Júlio César; Digão, Gum e Roger Ibañez (Daniel Simões ou Luciano); Léo, Richard (Daniel Simões ou Luciano), Jádson e Junior Sornoza e Ayrton Lucas; Everaldo e Luciano (Júnior Dutra).

Equipe mineira traz boas lembranças ao Fluminense

Em 90 jogos ao longo da história, o Atlético-MG tem ligeira vantagem sobre o Fluminense. Foram 36 vitórias do Galo, a última, inclusive, no primeiro turno do atual Brasileirão (5 a 2, na Arena Independência), 29 do Tricolor e 25 empates. Mesmo assim, a equipe mineira traz boas recordações ao clube das Laranjeiras.

A primeira lembrança positiva vem de 1970. No dia 20 de dezembro daquele ano, sobre os olhares de 112.403 presentes ao Maracanã, o Fluminense garantiu o título da Taça de Prata, que, mais tarde, viria a ser reconhecida como Campeonato Brasileiro, ao empatar de 1 a 1 com o Atlético-MG.

Publicidade

Mickey, de cabeça, marcou o gol do Tricolor, enquanto Waguinho empatou para os mineiros.

No dia 23 de setembro de 2010, ambos se enfrentaram no palco do confronto deste domingo, o Nilton Santos e o Fluminense dava mais um passo na caminhada para assegurar o título daquele Brasileirão ao golear o Atlético-MG por 5 a 1. Leandro Euzébio, Carlinhos (duas vezes), Gum e Marquinhos balançaram as redes para o time carioca. Daniel Carvalho, de falta, diminuiu o vexame atleticano.