A eliminação do Deportivo Cali no Campeonato Colombiano por pouco não acaba em tragédia. Logo após o jogo, quando o time venceu o Deportivo Pasto por 1 a 0 , o zagueiro Juan Quintero teve seu carro alvejado por vários tiros. Ele estava acompanhado de seu irmão. Ambos escaparam ilesos ao atentado.

Segundo informações da imprensa local, o ataque ocorreu por volta das 22h15 (horário local), quando duas pessoas que estavam em uma moto ordenaram que o veículo parasse.

Ao perceber que os homens estavam armados, o jogador acelerou o carro, que foi atingido pelos tiros na lateral. O pai de Quinteiro aguardava os filhos em um restaurante nas proximidades e considerou um milagre o fato deles terem sobrevivido. Não há pistas dos atiradores.

Apesar do resultado dentro de campo ter sido positivo, ele não foi suficiente para fazer o Deportivo Cali avançar entre os oito melhores para a segunda fase do Torneio Clausura.

Para se classificar, além da vitória, a equipe dependia de derrotas do Atlético Nacional, que empatou em 2 a 2 com o Leones, e do Santa Fé, que ficou com a última vaga, após bater por 3 a 0 o Millionarios, que já estava eliminado. A primeira colocação ficou com o Tolima.

Nas quartas de final, o Tolima pegará o Santa Fé; o Junior Barranquilla enfrentará o Equidad; o Independiente Medellín terá pela frente o Bucaramanga; e o Rio Negro Águilas jogará contra o Once Caldas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia PaixãoPorFutebol

Em 1994, zagueiro da seleção foi morto a tiros

O atentado ocorrido neste domingo remete a uma triste lembrança. Em 1994, poucos dias depois da eliminação da seleção da Colômbia na fase de grupos da Copa do Mundo, disputada nos Estados Unidos, o zagueiro Andrés Escobar foi morto a tiros ao sair de um restaurante na madrugada de 2 de julho.

Na partida contra a seleção anfitriã, ele marcou um gol contra e foi considerado o principal responsável pela vexatória eliminação do time sul-americano, que ficou em último lugar de um grupo que também tinha Romênia (que chegou até as quartas eliminando a então vice-campeã Argentina) e Suíça.

De acordo com testemunhas, ele foi abordado por três homens e uma mulher. Um deles, de forma irônica e provocativa, o agradeceu pelo gol contra. Se inicio então uma discussão, e ele levou seis tiros. Inicialmente, chegou-se a cogitar que o zagueiro tinha sido executado a mando de narcotraficantes e por vingança de apostadores, que perderam muito dinheiro por conta da precoce eliminação do país do mundial.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo