Em um passado não muito distante, o São Paulo era um verdadeiro algoz de técnicos do Corinthians, provocando a demissão de vários, deles, inclusive de Tite, em sua primeira passagem entre 2004 e 2005. No entanto, neste final de semana as coisas se inverteram e um dia após o empate contra o alvinegro, em 1 a 1, na Arena, em Itaquera, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi a diretoria do São Paulo quem decidiu colocar um ponto final na passagem de Diego Aguirre pelo Morumbi.

A surpreendente decisão foi anunciada na noite deste domingo (11), por meio de nota oficial.

Segundo o comunicado, publicado no site oficial do clube, a decisão pela saída do treinador foi tomada em comum acordo após reunião com a diretoria, onde foi definido que o contrato de Aguirre não seria renovado. Além do técnico, também deixam o time os auxiliares Juan Verzeri e Raul Enrique Carreras, além do preparador físico Fernando Piñatares Para dirigir o time nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro, a diretoria optou por colocar o auxiliar André Jardini, membro da comissão técnica permanente do clube, que já iniciará seus trabalhos a partir desta segunda-feira (12).

Sua efetivação para a próxima temporada não está descartada.

Aguirre deixa do São Paulo na quita colocação do Campeonato Brasileiro com 58 pontos, nove a menos que o líder Palmeiras. Sua passagem pelo Morumbi totalizou 57 jogos, com 29 vitórias, 13 empates e 15 derrotas. Aproveitamento de 58,5% dos pontos.

O próximo adversário do São Paulo será o Grêmio, que também tem 58 pontos, mas está à frente pelos critérios de desempate. O jogo será no Morumbi, na próxima quinta-feira e vale muito na briga por uma vaga direta na fase de grupos da próxima Copa Libertadores da América.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol São Paulo FC

Ascenção e queda

Diego Aguirre chegou ao São Paulo na última rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista para o lugar de Dorival Júnior. Nas quartas de final do estadual, o time passou pelo São Caetano e quase chegou à final, porém acabou caindo diante do mesmo Corinthians, nas semifinais, nas disputas de pênaltis, após sofrer o gol de empate nos acréscimos.

Fora da Copa do Brasil e tendo caído na segunda fase da Sul-Americana, o Tricolor tinha apenas o Campeonato Brasileiro pela frente e depois de uma intensa briga com o Flamengo, chegou a abrir alguns pontos na frente, porém após a virada para o segundo turno, a equipe caiu de rendimento, com empates diante de times ameaçados de rebaixamento e não conseguindo vencer, em casa, adversários diretos na briga pelo título: derrota para o Palmeiras e empate diante do Flamengo.

Além da queda de rendimento, o treinador já não vinha se entendendo com o elenco. Após o jogo contra o Corinthians, Raí afirmou que o trabalho do treinador passaria por uma avaliação, mas que isso seria feito com calma.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo