No início da noite desta sexta-feira (16), a assessoria de comunicação do Fluminense divulgou a quarta parcial de ingressos vendidos de forma antecipada para o confronto de volta das semifinais da Copa Sul-americana. Até o momento, mais de 25 mil tricolores já adquiriram o direito de comparecer ao Maracanã na partida do próximo dia 28 de novembro, às 21h45 (de Brasília), contra o Atlético-PR.

As entradas continuam à disposição dos torcedores tanto pela Internet, através do Portal do Sócio (www.fluminense.com.br/portaldosocio) e do Futebol Card (www.futebolcard.com), quanto nos seguintes postos físicos:

- Sede das Laranjeiras - aberto das 10 às 20h (de Brasília), exceto domingos, feriados e a data da partida, quando funcionam das 10 às 17h (de Brasília);

- Bilheteria 1 do Maracanã - aberto das 10 às 17h (de Brasília).

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal PaixãoPorFutebol

No dia do jogo, ela só fecha após o fim do primeiro tempo;

- Rio Shopping, em Jacarepaguá - aberto das 10 às 17h (de Brasília). Indisponível no dia do jogo;

- Loja Fanáticos (Araruama) e Canto do Rio (Niterói) - ambos no mesmo horário do Rio Shopping e também não funcionam no dia do jogo.

Havia um temor de que os últimos maus resultados na temporada pudessem diminuir o ânimo da torcida. A expectativa da diretoria é por um público entre 40 mil a 50 mil presentes ao Maracanã. Como foi derrotado por 2 a 0 na Arena da Baixada há cerca de uma semana, o Fluminense [VIDEO] necessita vencer por três ou mais gols de diferença para avançar até a decisão da Sul-Americana. Caso devolva o placar da ida, levará a disputa da vaga aos pênaltis.

Time tem quatro dúvidas para encarar o Ceará

Antes da Copa Sul-Americana, o Fluminense [VIDEO] precisará resolver a sua situação no Campeonato Brasileiro. Em 12º lugar com 41 pontos, o Tricolor ainda corre o risco de rebaixamento para a Série B e, na segunda, às 20h (de Brasília), no Maracanã, necessitará urgentemente de uma vitória sobre o Ceará.

Para esse compromisso, o técnico Marcelo Oliveira tem quatro dúvidas para escalar o time.

Ainda se recuperando de problemas físicos, os zagueiros Gum e Roger Ibañez e o lateral-direito Léo segeum como dúvidas. Se forem vetados, a tendência é pela manutenção da dupla Defensiva Digão e Paulo Ricardo e de Igor Julião na ala.

Outra indefinição é quem será o substituto de Jádson, suspenso por ter recebido o cartão vermelho na derrota de 3 a 0 para o Palmeiras na última quarta, em São Paulo. A tendência é pela entrada de Dodi, mas Aírton também pode ganhar uma oportunidade.

Depois do Ceará, o Flu terá dois compromissos fora de casa. Na quinta, enfrenta, na Arena Fonte Nova, em Salvador, o Bahia. No domingo seguinte, irá ao Gigante da Beira-Rio, em Porto Alegre, para medir forças contra o Internacional.