Ao final do jogo entre Corinthians e Vasco, disputado no último sábado (17), na Arena Corinthians, em Itaquera, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, uma imagem chamou a atenção do torcedor que acompanhava a partida pela TV e rapidamente ganhou as redes sociais. Nela, a repórter da TV Globo Fabíola Andrade aparece sendo supostamente assediada por um colega de emissora.

O fato rapidamente gerou comentários enraivecidos, que acusaram o caboman de estar apalpando a colega em plano gramado da arena corintiana.

Até mesmo um print de uma postagem, a qual a repórter se dizia arrasada, foi divulgado pelo movimento “Deixa Ela Trabalhar” e pelo próprio Corinthians, que também, fazendo uso das redes sociais, emitiu uma nota de repúdio pelo episódio, o qual classificou como lamentável que se solidarizava "com a repórter Fabíola Faria Andrade, vítima de assédio por um colega de imprensa”, escreveu o clube.

Não foi bem assim

Posteriormente, surgiu a mesma imagem, feita por um ângulo diferente, que mostrou que a realidade não era a exatamente mostrada no primeiro vídeo.

Nele, nota-se claramente que o profissional está ajeitando o cabo do microfone, que está preso à roupa da repórter. A própria Fabíola, usou as redes sociais pera explicar o mal-entendido.

Na postagem, a comunicadora disse que viu as imagens por outros ângulos e conversou com seu colega de trabalho, a qual já trabalha junto há cinco anos. Ela disse que não houve qualquer abuso ou assédio. “Ele estava manuseando o cabo de áudio que fica preso à minha roupa”, a qual descreveu como sendo “situação comum em dias de jogos”.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Corinthians PaixãoPorFutebol

Ela também fez questão de agradecer às manifestações de apoio e dos movimentos que lutam por respeito e igualdade do gênero. “O episódio serviu para mostrar que essa luta se fortalece cada vez mais”.

Até o final da tarde desta segunda-feira (19), não havia nenhuma menção no site do Corinthians a respeito dos esclarecimentos da repórter. Já na página do movimento “Deixa Ela Trabalhar”, no Facebook, havia um print de um pedaço da postagem da repórter e apenas uma mensagem, “Fabíola, estamos com você”, sem qualquer tipo de retratação ao outro profissional envolvido no caso.

O jogo

Com um gol do ex-vascaíno Matheus Vital, o Corinthians venceu o Vasco por 1 a 0 e praticamente eliminou qualquer possibilidade de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paulista chegou aos 43 pontos. Já os cariocas, seguem com 39 pontos, apenas dois acima da zona de rebaixamento.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo