A derrota de 2 a 0 para o Internacional na noite deste domingo, em Porto Alegre, foi a gota d'água na paciência dos torcedores do Fluminense, que, através das redes sociais, vêm convocando a presença do maior número possível de tricolores em duas manifestações ao longo da semana, exigindo a saída do presidente Pedro Abad e do Flusócio, principal grupo da situação, considerados, pelos protestantes, como os responsáveis pela destruição e apequenamento do clube

O primeiro protesto, organizado pelo WhatsApp acontecerá na quinta.

Publicidade
Publicidade

A partir das 16h (de Brasília), haverá uma concentração no Largo do Machado, bairro da zona sul do Rio de Janeiro. Em seguida, os torcedores irão fazer uma caminhada até a sede das Laranjeiras, quando estará acontecendo uma reunião do Conselho Deliberativo.

Um dos integrantes desse movimento, o tricolor Fábio Braga dos Santos, morador do Méier, disse que a situação chegou a um ponto sem volta e a torcida precisa agir para modificar o quadro atual no Fluminense.

Publicidade

"Com esse pessoal, não tem diálogo. É impossível. Ou eles acabam com o Fluminense ou nós os tiramos de lá. O verdadeiro Fluminense vai voltar", disse Fábio, acrescentando a sua preferência para o futuro.

"Só temos Celso Barros (ex-presidente da Unimed, empresa médica e patrocinadora do clube entre 1999 a 2014), Mário Bittencourt e Ricardo Tenório (ex-vices de futebol)", finalizou

A outra manifestação, lançada no Facebook, está sendo comandada pelo Núcleo de Inteligência Tricolor e acontecerá no sábado, pela manhã, também na tradicional sede de Álvaro Chaves.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Recentemente, houve a aprovação para a abertura de um processo de impeachment de Pedro Abad. Para isso acontecer, é necessária a maioria absoluta em uma reunião do Conselho Deliberativo ainda sem data estabelecida.

Flu tenta uma vaga na final da Sul-Americana e permanência na elite do Brasileirão

Nesse clima turbulento, o Fluminense tem duas decisões nos próximos dias. Na quarta, às 21h45 (de Brasília), enfrenta, no Maracanã, o Atlético-PR com a necessidade de vencer por três ou mais gols de diferença para assegurar uma vaga na decisão da Copa Sul-Americana.

No domingo, a partir das 17h (de Brasília), em local indefinido, o compromisso é diante do América-MG e um empate livra o clube das Laranjeiras de mais um rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Em entrevista após o jogo contra o Internacional, o técnico Marcelo Oliveira não se deixa abater pela má fase e confia em algo maior para o Fluminense no encerramento de 2018.

"Temos que salvar o clube, classificar.

Publicidade

Vamos ter que trabalhar forte nossa mentalidade, nosso jogo, trabalhar muito. São duas finais. O que a gente tem que fazer agora é ganhar. Só posso entender de uma forma. Deus está preparando algo maior. Vamos preparar um clima para esse jogo de quarta e esse de domingo também", resumiu o comandante.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo