A última sexta-feira de 2018 foi recheada de notícias no mercado do Futebol para o Fluminense. Pela manhã, o Tricolor acertou a contratação de Matheus Ferraz, zagueiro de 33 anos, revelado pelo Santos, com passagens por América-SP, Remo, Sport, Brasiliense, Criciúma, Noroeste, Mirassol, Boa Esporte e que, no último Campeonato Brasileiro, estava no América-MG, um dos rebaixados para a Série B.

Publicidade
Publicidade

Ele será oficialmente apresentado na reapresentação do elenco no dia 03 de janeiro e vem para ocupar a vaga de Gum, que, após quase dez anos, deixará o clube carioca. No mesmo dia, o meia-atacante colombiano Yony González, reforço trazido do Junior Barranquilla, atual vice da Copa Sul

Inicialmente, o vínculo entre Matheus Ferraz e Fluminense terá duração até dezembro de 2019, mas há a possibilidade de uma extensão por mais um ano. Ainda para o setor defensivo, quem pode chegar é Nino, de 20 anos, revelação do Criciúma.

Matheus Ferraz será jogador do Fluminense em 2019 (Foto: Portal Net Flu).
Matheus Ferraz será jogador do Fluminense em 2019 (Foto: Portal Net Flu).

Segundo informações do portal Uol Esporte, faltam pequenos detalhes para o negócio ser sacramentado.

As novidades não param por aí. Também de acordo com o UOL Esporte, Fluminense e Cruzeiro aguardam somente o aval da Udinese, da Itália, para sacramentar o troca-troca envolvendo Jádson, que iria para a Toca da Raposa, Bruno Silva e Ezequiel, que reforçariam o Tricolor, além da prorrogação do empréstimo de Digão ao clube das Laranjeiras.

Digão, Bruno Silva e Ezequiel, inclusive, já teriam sido liberados para viajar ao Rio de Janeiro e acertar os últimos detalhes do contrato com o Fluminense. A expectativa é de logo após o Revéillon, aconteça o acordo.

Publicidade

Após inúmeros problemas físicos, Aírton deve fechar um contrato de produtividade

Paralelamente aos reforços, o Fluminense luta para manter as principais peças de seu elenco. Uma delas é o volante Aírton. Notícia divulgada pelo Lancenet dá conta de que, devido aos inúmeros problemas físicos sofridos pelo volante ao longo de 2018, a diretoria do Tricolor sugeriu a assinatura de um contrato de produtividade, o que animou o staff do jogador.

As conversas entre Flu e Aírton para a renovação de contrato tiveram início em novembro, mas por conta da reta final da temporada, quando o Tricolor disputava as semifinais da Copa Sul-Americana e lutava contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, houve uma parada nas negociações, que foram retomadas após o encerramento dos torneios.

A manutenção de Aírton se tornou prioridade nas Laranjeiras, especialmente depois que Richard acabou sendo vendido para o Corinthians.

Leia tudo