Anúncio
Anúncio

O torcedor do Fluminense pode ter novidades antes do final do ano. A expectativa da diretoria é, nos próximos dias, anunciar um pacote de reforços para a temporada do ano que vem, quando o Tricolor disputará o Campeonato Carioca, a Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana.

As contratações devem ter início na zaga. Segundo informações divulgadas pelo repórter Gérson Júnior, da Rádio Brasil, o zagueiro Matheus Ferraz, de 33 anos, ex-Sport e que, na última temporada, defendeu o América-MG, está muito perto de acertar um contrato com o Flu.

Em entrevista concedida ao Globo Esporte, o empresário do defensor, Nilson Moura, confirmou a proximidade de o negócio ser sacramentado, restando apenas o tempo do compromisso.

Advertisement

"Posso quase te afirmar que ele já é do Fluminense [VIDEO]. Está tudo acertado, falta só definir se o contrato será de um ou dois anos. Acho que finalizamos isso no máximo até amanhã (quarta)", disse o agente.

Ainda no setor defensivo, o lateral-esquerdo Moisés, que retorna ao Corinthians após um período de empréstimo no Botafogo, é outro possível reforço da equipe das Laranjeiras. Também do time paulista, deve vir o apoiador Marquinhos Gabriel. Ambos fariam parte da negociação que possibilitaria a ida do equatoriano Junior Sornoza para o Alvinegro de Parque São Jorge.

A lista de contratações do Tricolor pode ter mais duas caras novas no meio-campo. De saída do Grêmio, Douglas teve seu nome especulado, assim como Camilo, que viria como compensação para a permanência do atacante Wellington Silva no Internacional-RS.

Advertisement

Clube também espera definir novo treinador

Não só a contratações de jogadores vem gerando apreensão no Fluminense. Desde a última rodada do Campeonato Brasileiro, quando venceu o América-MG por 1 a 0 e afastou qualquer risco de rebaixamento para a Série B, além de garantir vaga na próxima Copa Sul-Americana, o Tricolor busca definir o seu novo treinador.

No começo, o favorito era Roger Machado, mas o alto salário do profissional impediu qualquer avanço na negociação, levando o presidente Pedro Abad a pensar na efetivação do uruguaio, Léo Percovich, do Sub-20, algo prontamente vetado pelo diretor-executivo de futebol Paulo Angioni.

Atualmente, o clube trabalha com três nomes: Jair Ventura, recentemente demitido no Corinthians, Fernando Diniz, que não trabalha desde o segundo semestre de 2018 após deixar o Atlético-PR,e Gilson Kleina, que, por pouco, não levou a Ponte Preta para a Série A do Brasileirão. Ainda não há prazo para se definir o futuro treinador do Fluminense [VIDEO].