Dentro das suas limitações financeiras, o Fluminense segue observando o mercado em busca de reforços para a próxima temporada e, nesta quinta-feira (6), surgiram duas informações sobre possíveis contratações. De acordo com o portal Globo Esporte, o goleiro Simão, um dos responsáveis pelos título da Série C e, consequentemente, acesso do Operário-PR para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, vem sendo monitorado por parte do departamento de Futebol do Tricolor das Laranjeiras.

Publicidade
Publicidade

O vínculo entre o arqueiro e o time do interior paranaense dura até outubro do ano que vem, mas, a partir de abril, já pode assinar um pré-contrato com qualquer outro clube sem a necessidade de pagamento da multa rescisória, estipulada em R$ 2,5 milhões. O presidente do Operário-PR, Álvaro Góes, disse que não fará objeção para a saída do atleta, mas espera lucrar com uma futura negociação.

"Simão é um excelente goleiro e não vejo problemas em liberá-lo para a Série A caso seja dentro das condições do Operário-PR.

De saída do Grêmio, Douglas pode reforçar o Flu em 2019 (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
De saída do Grêmio, Douglas pode reforçar o Flu em 2019 (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Queremos ficar com 35% dos direitos econômicos. A multa dele é de R$ 2,5 milhões e podemos abrir mão de parte do valor. Mas queremos pelo menos R$ 1 milhão", explicou o dirigente.

Nos bastidores do clube carioca, há um certo otimismo quanto a um acerto, uma vez que a proposta do Fluminense seria um acordo de dois anos sem custos e o Operário-PR manteria parte dos direitos econômicos para lucrar em uma futura venda. O único empecilho é que o Tricolor deseja fechar o negócio sem qualquer ônus.

Publicidade

De saída do Grêmio, Douglas foi procurado e também interessa ao Flu

Além de Simão, o Fluminense pode trazer um reforço para o meio. De acordo com Rodrigo Bueno, comentarista da Foz Sports, o apoiador Douglas, de 36 anos, não permanecerá no Grêmio na próxima temporada e já recebeu contato para defender o clube das Laranjeiras em 2019.

O Vasco, clube pelo qual Douglas atuou de 2014 a 2015, também procurou o atleta e demonstrou interesse no seu retorno, mas a proposta cruzmaltina de R$ 150 mil mensais e um ano de vínculo, não o agradou.

Simultaneamente a busca por reforços, o Fluminense tenta acertar com o novo treinador. Jair Ventura, Roger Machado, Gilson Kleina, todos sem clube, além de Dorival Júnior, que está de saída do Flamengo, são os favoritos da diretoria. Nomes como Ney Franco e dos uruguaios Jorge Fossati e Diego Aguirre também foram falados, mas, de forma oficial, não fazem parte dos planos da agremiação verde, branco e grená.

Leia tudo e assista ao vídeo