Anúncio
Anúncio

Acabou a era Gum nas Laranjeiras. As últimas reuniões entre a diretoria do Fluminense e o staff do zagueiro não evoluíram. Por conta disso, apesar do interesse das duas partes, o contrato do atleta não será renovado para a temporada de 2019. O principal entrave foi a questão salarial. Além disso, o jogador queria um vínculo de três temporadas, enquanto o Tricolor oferecia um compromisso de apenas um ano.

Gum estava no Fluminense desde 2009 e era o único remanescente do período em que o clube era patrocinado pela empresa médica Unimed.

Ao longo desses quase dez anos, ele conquistou dois títulos de Campeonato Brasileiro (2010 e 2012), um vice de Copa Sul-Americana (2009) e um Campeonato Carioca (2012). De técnica limitada, virou ídolo de grande parte da torcida por conta de sua extrema dedicação nas partidas e, por diversas ocasiões, atitudes de carinho ao time carioca.

Advertisement

Na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2018, após a vitória de 1 a 0 sobre o América-MG, no Maracanã, resultado que livrou o Fluminense [VIDEO] do rebaixamento para a Série B e garantiu a equipe na próxima Sul-Americana, o agora ex-zagueiro tricolor já falava em tom de despedida.

"Eu estava disposto em baixar meu salário em mais de 50%. A partir do momento que não houve solução eu mesmo pedi para não conversar mais sobre porque tinha começado a me atrapalhar", disse, na ocasião.

Natural de Marília, interior de São Paulo, Gum iniciou sua carreira no time de sua cidade e passou por Internacional e Ponte Preta. Disputou 414 partidas pelo Fluminense, marcando 29 gols. AInda não se sabe qual clube irá defender no ano que vem.

Meia-atacante equatoriano se apresenta em janeiro e assina pré-contrato de um ano

Enquanto se despede de Gum, o Fluminense [VIDEO] dá boas vindas a Yony González.

Advertisement

Após a divulgação da notícia, o Tricolor se adiantou e, nesta quinta-feira, confirmou que o meia-atacante de 24 anos assinou um pré-contrato e estará na reapresentação do elenco no próximo dia 03 de janeiro para realizar os tradicionais exames médicos.

Caso tudo ocorra dentro do esperado, ele firmará um compromisso oficial de empréstimo até o final de dezembro de 2019 com o Fluminense tendo a prioridade de compra em definitivo após esse período.

Também podendo atuar como um falso centroavante, González foi um dos destaques da campanha que levou o junior Barranquilla, da Colômbia, ao título da recém-encerrada Liga Aguilla, a Série A do Campeonato Nacional daquele país e ao vice da última Copa Sul-Americana.