Publicidade
Publicidade

Não bastassem as dificuldades financeiras e administrativas, Pedro Abad teve mais uma notícia desfavorável nesta segunda-feira (17). No final da noite, o presidente do Conselho Deliberativo do Fluminense, Fernando César Leite, negou o pedido do mandatário de cancelar a reunião da próxima quinta no Salão Nobre das Laranjeiras, na qual será julgado o pedido de impeachment do atual mandatário tricolor.

De acordo com a versão eletrônica do jornal O Globo, diante dessa negativa, Abad, por intermédio de seu advogado, Fernando Setembrino, entrará com uma ação na Justiça comum para garantir a sua manutenção à frente do clube carioca.

Publicidade

Na última sexta, o advogado de Abad encaminhou, junto a Fernando Cesar Leite, argumentos os quais colocam em suspeita a forma como o processo foi conduzido. Para o presidente do Conselho Deliberativo do Fluminense, no entanto, todas as questões haviam sido tratadas em reuniões anteriores e o processo não apresenta margens para dúvidas ou qualquer tipo de parcialidade.

A votação do impeachment de Pedro Abad começa às 20h (de Brasília). É necessário um quórum mínimo de 50% do total dos 300 conselheiros para o pedido de afastamento imediato do presidente seja validado. Caso isso aconteça, Fernando César Leite assume imediatamente ao cargo e, dentro de um prazo de 45 dias, convocará novas eleições.

Deportivo Antofagasta, do Chile, é o primeiro adversário do Fluminense na Copa Sul-Americana de 2019

Enquanto os bastidores continuavam fervendo, o Fluminense, em sorteio realizado na cidade paraguaia de Luque, soube contra quem estreará na próxima Copa Sul-Americana. Será o Deportivo Antofagasta, equipe modesta do Futebol chileno.

O Flu iniciará a sua participação no torneio dentro de casa, possivelmente no Maracanã. A volta acontecerá no Chile. Ambos os jogos serão realizados nas semanas dos dias 5 a 7, 12 a 14 e 19 a 21 de fevereiro.

Publicidade

Além do Fluminense, Corinthians, Botafogo, Bahia, Chapecoense e Santos serão os representantes do futebol brasileiro. Eles enfrentarão, respectivamente, Racing Club (Argentina), Defensor Y Justicia (Argentina), Liverpool (Uruguai), Union Callera (Chile) e River Plate (Uruguai).

Assim como na Libertadores, a decisão da Sul-Americana do ano que vem acontecerá em jogo único. O local já está definido: será o Estádio Nacional de Lima, capital do Peru. Em 2018, o Fluminense chegou até as semifinais, quando foi eliminado pelo Athlético-PR, que, posteriormente, viria a conquistar o título.