Um dos campeões da Libertadores de 2012, Leandro Castán está muito próximo de retornar ao Corinthians. Na próxima segunda-feira, o pia e empresário do zagueiro, Marcelo Silva, irá se reunir com a diretoria do Vasco para acertar a rescisão amigável do vínculo entre o jogador e a agremiação cruzmaltina e, em seguida, confirmar a sua volta para o Alvinegro de Parque São Jorge.

Na última sexta, durante participação no amistoso que marcou a despedida oficial do atacante Emerson Sheik dos gramados, Leandro já dava indícios de onde deveria atuar na próxima temporada.

Publicidade
Publicidade

"A minha decisão está tomada, passei para o meu pai, e agora estou deixando ele resolver", explicou o defensor à Rádio Globo.

Dois fatores contribuem para um provável retorno de Leandro Castán ao Corinthians. O primeiro está ligado a questões sentimentais, pois o zagueiro nunca escondeu a gratidão por ter sido, no Corinthians, o local das suas principais conquistas na carreira (antes da Libertadores, levantou a taça do Brasileiro de 2011), sem contar a oportunidade de vestir a camisa da Seleção Brasileira e ir para o futebol do exterior.

Outro ponto que contribui para a transferência do defensor do Vasco ao Corinthians está relacionada à grave crise financeira pela qual atravessa o clube de São Januário. Segundo informações do portal Meu Timão, o Gigante da Colina não paga os salários de Castán há três meses. Procurada, a diretoria cruzmaltina não fala abertamente sobre o caso.

Insatisfeito no Flu, Sornoza também pode chegar ao Parque São Jorge

As novidades não param por aí. Também insatisfeito por questões financeiras, o equatoriano Junior Sornoza deve sair do Fluminense e é outro possível reforço corintiano para 2019.

Publicidade

O meia tem contrato com o Tricolor até o final do ano que vem, mas, nos bastidores, fala-se que ele recebeu uma proposta por um vínculo de quatro anos com a equipe de Parque São Jorge e estaria bastante animado para jogar em São Paulo.

Para trazer Sornoza, o Corinthians teria oferecido R$ 7,5 milhões, metade do valor da multa rescisória do apoiador com o Fluminense, que, atravessando graves problemas, não faria qualquer oposição em aceitar o negócio.

Seria o segundo jogador das Laranjeiras que desembarcaria no Parque São Jorge. O primeiro foi o volante Richard.

Quem também vestirá a camisa do Corinthians no ano que vem é o atacante André Luís, artilheiro da Ponte Preta na última Série B do Campeonato Brasileiro.

Leia tudo