Diversas equipes da Fórmula 1 lançaram os carros que usarão na temporada 2019 ao longo desta semana, mas os fãs da principal categoria do automobilismo mundial ainda estavam sentindo falta da apresentação da máquina do time mais tradicional de todos. Porém, nesta sexta-feira (15), a curiosidade dos apaixonados pela velocidade foi saciada com a apresentação do SF90, carro que a Ferrari mandará para as pistas este ano.

O grande destaque é a presença forte da cor preta no carro, substituindo o branco que foi utilizado em 2018. Isso aconteceu por causa de uma das empresas que patrocina a escuderia italiana. Mas este não chega a ser um fato novo na história da equipe. Nas décadas de 1980 e 1990, a cor escura já se fez presente junto com o tradicional vermelho, que este ano está mais forte e chamativo.

Vazamento de imagens na internet

A Ferrari havia anunciado que o lançamento do SF90 aconteceria na manhã de hoje (15) em sua sede, na cidade de Maranello, na Itália.

Marcado para as 7h45 (horário de Brasília), a apresentação acabou sendo frustrada, porque alguns minutos antes vazaram na internet imagens do carro.

O novo chefe da equipe italiana, Matteo Binotto, afirmou que a Ferrari não chega a revolucionar com o seu novo carro, mas vai adiante do trabalho que foi feito no ano passado. Ele afirmou que a equipe levantou o sarrafo para conseguir ir ao ponto mais extremo que fosse possível.

Matteo lembrou que em 2018 a escuderia fez a sua melhor temporada dos últimos 10 anos, mas que nem assim não foi possível chegar no lugar aonde os torcedores esperam que a equipe esteja.

Novidade dentro do cockpit italiano

Sabastian Vettel estará no comando da equipe pelo oitavo ano consecutivo e será ele o grande responsável por fazer a equipe voltar a brigar pelo mundial de pilotos, titulo que a Ferrari não conquista desde o ano de 2007, quando o Kimi Raikkonen ganhou o seu único campeonato.

Nesta temporada, o finlandês não estará mais guiando pela equipe. O companheiro do alemão Vettel em 2019 será o jovem Charles Leclerc. Sensação da temporada passada guiando a pequena Sauber, o monegasco de apenas 21 anos afirmou que está extremamente contente por se tornar piloto titular da Ferrari e que guiar este carro é a realização de um sonho de criança. Leclerc afirmou que é uma grande oportunidade ser companheiro de um tetra campeão do mundo e que irá trabalhar junto com Sebastian pelo melhor do seu time.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo