Após demitir na semana passada o técnico Enderson Moreira, em razão dos maus resultados que vinha acumulando, o Bahia anunciou nesta segunda-feira (2) a contratação de Roger Machado. Ele estava sem clube desde que foi demitido do Palmeiras no segundo semestre do abo passado.

O novo comandante assinou contrato válido até o final de 2020 e chega ao clube nesta quarta-feira (3). Com pinta de treinador experiente que faltava, Roger chega para dar a equipe uma identidade nesta temporada, o que não ocorreu com o antigo técnico.

Junto com ele também chegam o auxiliar Roberto Ribas, o analista de desempenho Jussan e o preparador físico Paulo Paixão.

Roger deve fazer sua estreia no próximo dia 9, quando o time recebe o CRB, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. O jogo de ida aconteceu nesta terça-feira (2), em Alagoas, e terminou empatado em 1 a 1.

Antes de assinar com o Esquadrão de Aço, Roger havia entrado na pauta de clubes como o Flamengo, que acertou com Abel Braga, e Santos e Goiás.

Começo no Grêmio

O primeiro time profissional de Roger Machado foi o Grêmio, onde começou de forma bastante elogiada, mas em seu segundo o que eram aplausos se tornaram críticas, sobretudo por conta das falhas da defesa. Acabou deixando o time no final de 2016.

Desafio no Atlético-MG

Repetindo o que havia feito no clube anterior, Roger chegou ao Atlético Mineiro no começo de 2017, e teve um trabalho instável.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Política

Levou a equipe ao título estadual, mas no Campeonato Brasileiro os resultados não vieram, e ele deixou o Galo com aproveitamento de 63% dos pontos disputados em sete meses de trabalho.

Início complicado no Palmeiras

O início no Palmeiras não foi tão interessante para Roger Machado, afinal, novamente repetiu a mesma fórmula quando dirigiu o Atlético-MG, deixando a equipe com a melhor campanha na primeira fase do campeonato estadual, no caso, agora o Paulista, mas, logo em seguida, perdeu o foco deixando a ver navios o esquema tático e o brilho individual dos jogadores

Com um elenco recheado de bons jogadores, Roger Machado não fez o time render como era esperado, e, após muitas críticas ao seu trabalho, foi demitido pouco depois a Copa do Mundo, após derrota por 1 a 0 para o Fluminense.

Seu sucessor foi Felipão, que curiosamente o próprio Roger havia substituído no Grêmio. Sob o comando de Scolari, o Palmeiras arrancou para conquistar seu segundo título brasileiro em três temporadas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo