Em um jogo maluco de cinco gols, o Atlético Mineiro finalmente conseguiu a primeira vitória na fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2019, ao bater o Zamora, da Venezuela, por 3 a 2, no Mineirão. A alegria contagiante que se espalhou no final da partida, quase transformou em frustração se o jogo tivesse terminado no primeiro tempo. Apático, deu chances de sobra para o Zamora pudesse gostar do jogo e resolvesse a partida logo na primeira etapa. O torcedor saiu na bronca com Levir Culpi e com a postura adotada por um time sem grandes tradições no Futebol sul-americano.

Publicidade
Publicidade

Primeiro Tempo

A etapa inicial foi marcada por falta de vontade do time mineiro e uma postura superdefensiva da equipe venezuelana, saindo apenas nos contra-ataques. Em uma das investidas em um primeiro momento, o resultado saiu o primeiro gol, anotado por Gallardo aos 17 minutos do primeiro tempo. Igor Rabello e Rever estão sendo contestados pelas más atuações até então.

Outro que também tem sido criticado pelas suas atuações é Fábio Santos, que deixou escancarado o caminho para que o Zamora pudesse fazer o segundo gol antes mesmo do primeiro tempo acabar, quando aos 45 minutos, Guillermo Paiva ampliou.

Fábio Santos celebra um dos gols do Atlético MG. (Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG)
Fábio Santos celebra um dos gols do Atlético MG. (Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG)

A sorte do time mineiro é que o Zamora perdeu outras oportunidades pontuais no primeiro tempo, o que poderia liquidar de vez qualquer reação que o time da casa poderia ter no segundo tempo.

Segundo Tempo

A etapa final começou com uma postura melhor para o Galo e Luan nos primeiros minutos cruzou na medida para Maicon Bolt testar firme e diminuir o placar fazendo 2 a 1.

A equipe mineira insistia, insistia e insistia, mas não conseguia penetrar com facilidade na defesa venezuelana, até que as coisas melhoraram quando o jogador do Zamora foi expulso.

Publicidade

Após a expulsão era ataque contra defesa, até que em um bate rebate, Ricardo Oliveira chutou e a bola desviou nos zagueiros venezuelanos fazendo com que entrasse.

O jogo se encaminhava para o fim, até que aos 36 minutos, o juiz marca penalidade a favor do Atlético-MG. Fábio Santos, encarregado da cobrança, desloca o goleiro e faz o gol da virada por 3 a 2.

Com a vitória, o Atlético-MG consegue os primeiros 3 pontos da sua chave, entretanto, tem confrontos diretos ainda com Cerro Porteño e Libertad para decidir sua vida nesta Copa Libertadores.

O próximo confronto na Libertadores é contra o Cerro Porteño na próxima quarta-feira (10), fora de casa, enfrentando Cerro Porteño, atual líder da sua chave. Antes desse jogo decisivo time terá no domingo (7), a partida de volta das semifinais do Campeonato Mineiro, contra o Boa Esporte. O Atlético-MG precisa apenas de um empate para conseguir avançar as finais, somente com derrota é que dá adeus no campeonato regional.

Leia tudo e assista ao vídeo