Visado o jogo decisivo do próximo domingo (21), contra o São Paulo, pela segunda final do Campeonato Paulista, o Corinthians entrou em campo com um time misto para encarar a Chapecoense nesta quarta-feira (17), na Arena Condá, pelo primeiro jogo da quarta fase da Copa do Brasil. Fazendo um primeiro tempo muito ruim, o alvinegro perdeu por 1 a 0, ficando em situação ruim na competição.

Os times voltam a se enfrentar já na próxima quarta-feira (24), quando os catarinenses jogam pelo empate. Já o alvinegro precisa derrotar o adversário por dois gols de diferença para avançar ou por um gol para levar a disputa para as penalidades.

Publicidade
Publicidade

Primeiro tempo só deu Chape

O primeiro tempo foi praticamente de um time só. Jogando diante de seu torcedor, a Chapecoense procurou se impor desde o início e dominou as ações nos primeiros minutos. No entanto, o goleiro Walter –substituindo o suspenso Cássio– foi trabalhar mesmo (e bem) aos 18 minutos, quando Eduardo fez ótima jogada ela direita, passou por Carlos Augusto e Sornoza, foi à linha de fundo e cruzou na cabeça de Everaldo, que cabeceou para o chão e o goleiro corintiano foi buscar.

Publicidade

O catarinense voltou a assustar aos 26 minutos em um chute de Everaldo, que foi para fora. E foi por conta dos pés de Everaldo que Walter voltou a trabalhar aos 32 minutos, quando o goleiro teve que se esticar todo para desviar um chute desferido pelo atacante da Chape. Mas na cobrança de escanteio acabou saindo o gol, quando a bola acabou sobrando na área para Aylon mandar para o fundo das redes.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Corinthians

Timão diferente da segunda etapa

No intervalo, o técnico Fábio Carille decidiu mexer na equipe colocando o atacante Clayson no lugar do volante Ramiro e sacando o meia Jadson para a entrada do volante Ralf. A mexida do treinador deu resultado e o time mudou de postura, chegando pela primeira vez ao gol adversário aos 11 minutos, quando o goleiro Vagner se esticou todo para defender um chute de Sornoza, que desviou em Gum no meio do caminho.

Mas antes de quase conseguir o empate, o Timão levou um susto quando Gustavo Campanharo experimentou de fora da área e acertou o travessão do goleiro Walter, quase ampliando a vantagem dos catarinenses.

O Corinthians seguiu pressionado, criando boas oportunidades, mas os anfitriões, naquela altura já bem recuados, eram competentes na defesa e conseguiram segurar o resultado e levar a vantagem para São Paulo.

Publicidade

Escalações

Chapecoense: Vagner (Tiepo), Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos (Amaral), Gustavo Campanharo e Régis (Augusto); Aylon e Everaldo. Técnico: Ney Franco.

Corinthians: Walter; Michel, Marllon, Henrique e Carlos Augusto; Richard, Ramiro (Clayson), Sornoza e Jadson (Ralf); Vanger Love e Boselli. Técnico: Fábio Carille.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo