Cruzeiro e Atlético Mineiro estarão novamente frente a frente nesta quinta-feira (11), às 20h, no estádio Mineirão. O duelo será o primeiro válido pela fase de quartas de final da Copa do Brasil. O time azul brigará por um inédito tricampeonato seguido e o seu sétimo título na competição. O Galo venceu o torneio apenas uma vez, mas foi justamente em cima do maior rival, em 2014.

Os dois times, por terem se classificado para a Copa Libertadores da América, entraram diretamente na fase de oitavas de final.

Publicidade
Publicidade

O Galo surpreendeu o Santos e eliminou o Peixe jogando fora de casa, enquanto a Raposa teve muito trabalho para eliminar o Fluminense, tendo conseguido avançar apenas nas penalidades, após dois empates.

O jogo de volta será na próxima quarta-feira (17), no estádio Independência. O vencedor do clássico mineiro pegará na próxima fase quem passar do confronto entre Palmeiras e Internacional.

Raphael Claus será o árbitro da partida. Ele será auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis. Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral será o árbitro de vídeo.

Publicidade

Cruzeiro chega pressionado para o clássico

Após um ótimo início de temporada, com direito a cinco vitórias seguidas na fase de grupos da Copa Libertadores da América e o título do Campeonato Mineiro em cima do grande rival, o Cruzeiro chega muito pressionado para o jogo, uma vez que, levando em conta todas as competições, não vence há nove partidas.

Com Edilson e Orejuela entregues ao Departamento Médico, o técnico Mano Menezes terá que improvisar Lucas Romero na lateral direita.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Cruzeiro PaixãoPorFutebol

Na frente, Marquinhos Gabriel deve ganhar a vaga de Pedro Rocha e atuar ao lado de Fred. Outra baixa importante será o meia Rodriguinho, que também está entregue ao DM.

O provável time do Cruzeiro que será escalado por Mano Menezes deverá ter Fábio no gol, a defesa formada por Lucas Romero, Dedé, Léo e Egído. O meio de campo será povoado por Henrique, Ariel Cabral, Robinho e Thiago Neves. Marquinhos Gabriel e Fred serão os homens de ataque.

Galo não deve ter grandes mudanças

Curiosamente, o Galo, que foi eliminado precocemente da Libertadores, vive um momento melhor que o do seu rival. Para o jogo desta quinta-feira o treinador Rodrigo Santana não deverá fazer grandes mudanças em relação ao time que encarou o São Paulo antes da parada para a Copa América.

A única alteração deverá ficar por conta da entrada de Zé Welison na vaga de Adilson, que foi liberado pelo clube para tratar de assuntos de cunho pessoal.

Publicidade

O Galo deverá ser escalado com Victor no gol, Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos formando a defesa. O meio de campo terá José Welison, Chará, Elias, Luan e Cazares. Alerrandro será o atacante.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo