Cruzeiro e Atlético Mineiro estarão novamente frente a frente nesta quinta-feira (11), às 20h, no estádio Mineirão. O duelo será o primeiro válido pela fase de quartas de final da Copa do Brasil. O time azul brigará por um inédito tricampeonato seguido e o seu sétimo título na competição. O Galo venceu o torneio apenas uma vez, mas foi justamente em cima do maior rival, em 2014.

Os dois times, por terem se classificado para a Copa Libertadores da América, entraram diretamente na fase de oitavas de final. O Galo surpreendeu o Santos e eliminou o Peixe jogando fora de casa, enquanto a Raposa teve muito trabalho para eliminar o Fluminense, tendo conseguido avançar apenas nas penalidades, após dois empates.

O jogo de volta será na próxima quarta-feira (17), no estádio Independência. O vencedor do clássico mineiro pegará na próxima fase quem passar do confronto entre Palmeiras e Internacional.

Raphael Claus será o árbitro da partida. Ele será auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis. Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral será o árbitro de vídeo.

Cruzeiro chega pressionado para o clássico

Após um ótimo início de temporada, com direito a cinco vitórias seguidas na fase de grupos da Copa Libertadores da América e o título do Campeonato Mineiro em cima do grande rival, o Cruzeiro chega muito pressionado para o jogo, uma vez que, levando em conta todas as competições, não vence há nove partidas.

Com Edilson e Orejuela entregues ao Departamento Médico, o técnico Mano Menezes terá que improvisar Lucas Romero na lateral direita. Na frente, Marquinhos Gabriel deve ganhar a vaga de Pedro Rocha e atuar ao lado de Fred. Outra baixa importante será o meia Rodriguinho, que também está entregue ao DM.

O provável time do Cruzeiro que será escalado por Mano Menezes deverá ter Fábio no gol, a defesa formada por Lucas Romero, Dedé, Léo e Egído. O meio de campo será povoado por Henrique, Ariel Cabral, Robinho e Thiago Neves. Marquinhos Gabriel e Fred serão os homens de ataque.

Galo não deve ter grandes mudanças

Curiosamente, o Galo, que foi eliminado precocemente da Libertadores, vive um momento melhor que o do seu rival. Para o jogo desta quinta-feira o treinador Rodrigo Santana não deverá fazer grandes mudanças em relação ao time que encarou o São Paulo antes da parada para a Copa América.

A única alteração deverá ficar por conta da entrada de Zé Welison na vaga de Adilson, que foi liberado pelo clube para tratar de assuntos de cunho pessoal.

O Galo deverá ser escalado com Victor no gol, Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos formando a defesa. O meio de campo terá José Welison, Chará, Elias, Luan e Cazares. Alerrandro será o atacante.

Siga a página Cruzeiro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!