A Copa América chegou ao seu fim neste domingo (7), e assim como o torneio sul-americano, vencido pela seleção brasileira, também se encerra a passagem do jornalista Mauro Naves na TV Globo [VIDEO], após 31 anos de serviços prestados à emissora carioca. Ele estava afastado das transmissões desde o início do mês passado por conta de seu imbróglio envolvendo a acusação de estupro sofrida por Neymar.

Publicidade
Publicidade

Em um rápido comunicado, a emissora publicou que ela e o jornalista [VIDEO] "decidiram encerrar consensualmente o contrato de prestação de serviços que mantinham".Como de praxe, a empresa agradeceu o seu agora ex-colaborador pelos serviços prestados. O contrato do profissional ia até dezembro de 2021. Ele ainda alimentava expectativa de poder fazer a cobertura da Copa do Mundo do Catar, daqui a três anos.

Publicidade

No dia 5 de junho passado, William Bonner informou durante o "Jornal Nacional" que o jornalista estaria afastado por conta de ter se envolvido no caso Neymar, quando veio à tona a acusação de estupro que o jogador do Paris Saint-Germain estava sofrendo. Na época, Naves passou os contatos do pai do jogador para o advogado de Najila Trindade, que acusa o atleta pelo crime.

Na época o Naves não informou o fato para a cúpula da emissora.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Televisão

Justificando que o profissional "não havia correspondido às expectativas da empresa sobre a conduta do jornalista", a direção o afastou "até que os fatos fossem devidamente esclarecidos".

Com isso, o jornalista, que estava escalado para a cobertura do amistoso da seleção brasileira contra o Catar, que ocorria naquela mesma noite, foi imediatamente afastado não apenas da partida, como também de toda a cobertura esportiva, ficando de fora da Copa América.

Isolado e sem ver jogos

Fora de sua primeira grande cobertura em mais de três décadas de profissão, além de ter ficado chateado com seu afastamento, Mauro Naves e a mulher se recolheram em uma chácara no interior de São Paulo. Nesse período evitou acompanhar os jogos do torneio e quando o fez, de acordo com pessoas próximas, foi pelo canal por assinatura do Grupo Globo, SporTV.

Nos últimos dias voltou para São Paulo quando passou a ter conversas com a direção da emissora, mas sua volta ao ar pelo canal era improvável, uma vez que não havia mais clima para ele continuar.

Publicidade

Amigos já apontavam que ele, de fato, não seguiria na emissora e as partes esperaram a Copa América se encerrar para tornar pública a rescisão do contrato.

Mauro e seus familiares julgam que a emissora se precipitou em determinar seu afastamento, tanto que as investigações não apontaram nenhuma ligação sua com os fatos. Ele ainda fará finalizações de questões comerciais para calcular o quanto irá receber pela quebra de contrato.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo