Já se passaram seis meses do incêndio no centro de treinamento do Flamengo que vitimou fatalmente 10 jogadores da base do clube, e até hoje as famílias das vítimas buscam indenizações pelo ocorrido na justiça. De acordo com o jornal O Globo, foram feitos apenas 3 acordos judiciais junto aos familiares. Em contraposição, o time carioca tem feito fortes investimentos com contratações milionárias de jogadores para reforçar o elenco rubro-negro na disputa dos campeonatos que tem pela frente.

O rubro-negro já passou de 200 milhões de reais em investimentos para aquisição de atletas em 2019.

Segundo o Globo, No começo das negociações judiciais, o Flamengo ofereceu indenização entre R$ 300 e R$ 400 mil para cada jogador morto e um salário mensal para cada um de um salário mínimo durante o período de 10 anos. Toda essa soma fica em aproximadamente 5,25 milhões de reais. Em comparação com os fortes investimentos do time, isso não passa de uma quantia ínfima.

Para comprar o ex cruzeirense Arrascaeta, foi pago R$ 80 milhões para sua aquisição e mais um salário de R$1 milhão mensais.

De acordo com o Globo, recentemente, a proposta do time carioca foi aumentada para R$ 1 milhão para cada família, porém, somente 3 famílias sinalizaram o acordo. No caso do atleta Rykelmo, a situação é bem complexa: os pais são divorciados e o pai aceitou a proposta, mas a mãe não aceitou e disse que vai pedir o indiciamento de Rodolfo Landim (presidente do Flamengo) e Rogério Caboclo (presidente da CBF). A próxima audiência será no dia 12 de agosto e o Ministério Público do trabalho pede o bloqueio de R$ 100 milhões do clube.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Flamengo

Gastos com funcionários

Segundo a revista VEJA, o presidente rubro-negro disse em uma entrevista aos Fox Sports, na última segunda-feira (7), que o clube paga anualmente de salários, R$ 271 milhões, onde a parte do Futebol corresponde a 70% de todo esse montante, o que chega ao R$ 14 milhões com o pagamento de atletas conhecidos internacionalmente como Rafinha, Filipe Luís e o ex-santista Gabriel Barbosa (Gabigol).

Mais contratações

Diante de todo esse impasse judicial, o Flamengo ainda está no mercado e o nome da vez é do atacante italiano Mario Balotelli, que está sem contrato com nenhum clube desde que rompeu com o time francês do Olympique de Marselha. Há uma forte especulação que o time carioca pagaria entre 4 e 5 milhões de euros por ano ao atleta (R$ 17,8 e R$ 22 milhões).

O atacante é um desejo do treinador português Jorge Jesus, que considera Bruno Henrique e Gabigol ótimos jogadores e artilheiros, porém, não são um camisa 9 de ofício.

Jorge Jesus disse que não sabe se será possível a contratação de Balotelli, mas que é fundamental uma contratação para esse setor: “Eu queria arranjar um 9, os dias estão passando, não sei se vai ser possível, apesar de falarem agora sobre o Mario (Balotelli). Ter um centroavante é fundamental para os objetivos do Flamengo”.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo