Mano Menezes é o grande favorito para assumir o lugar deixado por Luiz Felipe Scolari na casamata alviverde. A equipe do Palmeiras vive a pior crise técnica em anos, e espera, com o técnico bicampeão da Copa do Brasil pelo Cruzeiro, apagar o incêndio ocasionado pelas recentes derrotas da equipe.

Jornalistas de diversos veículos já apontam Mano Menezes como favorito ao cargo, enquanto outros inclusive já cravam o treinador no Palmeiras. Benjamin Back, do Fox Sports, falou até mesmo do tempo de contrato do treinador, que iria até 2021, e sua contratação estaria fechada.

Mano Menezes no Palmeiras

Apesar de ainda não ser uma certeza, a tendência é de que Mano realmente seja anunciado como novo treinador da equipe.

Após uma passagem vitoriosa pelo Cruzeiro, o gaúcho deve ser mais um integrante da escola sulista a assumir o comando do Alviverde paulista.

Mesmo contado com apoio majoritário, há ainda quem reluta com a contratação do técnico. Isso porque, há a comparação do técnico com a metodologia do recém-demitido Scolari. Um futebol mais defensivo, que não encanta aos olhos e que preza pelo resultado muito mais do que pelo desempenho.

A eliminação para o Grêmio na Taça Libertadores da América 2019 abriu esse debate interno dentro do clube. Em razão da falta de repertório da equipe do Palmeiras, uma discussão foi feita apontando o modo que a equipe jogava. A escalação de três volantes e a derrota por 3 a 0 para o Flamengo foram os pregos da tampa do caixão, e Felipão acabou caindo em razão do desempenho da equipe na rodada.

Presidente do Conselho critica escolha por Mano

É exatamente nessa linha crítica ao desempenho de Felipão que um conselheiro do Palmeiras criticou a opção pela escolha de Mano Menezes para comandar a equipe do Palmeiras. Contudo, o dirigente fez ressalva e criticou, inclusive, a demissão de Luiz Felipe Scolari.

"Deveria mandar o Alexandre Matto (diretor de futebol) embora", disse Seraphin Del Grande, presidente do Conselho, que revelou ter tido conversas com Maurício Galiotte, mas afirmou que o mesmo não tem ouvido seus conselhos.

"Se vier o Mano, seria o caos para nós", resume o conselheiro.

No áudio, o conselheiro mostra respeito pela hierarquia do clube e o sistema presidencial da associação, contudo faz uma ressalva de que está fazendo esforços para que Galiotte não traga o técnico Mano Menezes.

Além do conselheiro, o nome de Mano Menezes também não é bem visto por parte da torcida do Palmeiras, que contesta a opção pelo treinador atual bicampeão da Copa do Brasil com o Cruzeiro e identificado com o Corinthians.

Internamente no Palmeiras é consenso de que não há outro nome no mercado capaz de substituir Felipão.

Siga a página Palmeiras
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!