Nesta terça-feira (22), às 21h30, será conhecido o primeiro time classificado para a decisão da Copa Libertadores da América 2019, quando Boca Juniors e River Plate se enfrentam no estádio La Bombonera, em Buenos Aires, pelo jogo de volta da semifinal argentina.

No primeiro duelo, realizado no Monumental de Nuñez, o River fez valer o fator casa e derrotou o Rival por 2 a 0 e agora pode até perder por um 1 a 0 ou dois gols de diferença, caso marque ao menos um tento na casa do adversário. Já o Boca tem que vencer por três gols de diferença ou 2 a 0 para levar a decisão da vaga para as penalidades.

Quem passar desse confronto enfrentará na final Flamengo ou Grêmio, que jogam nesta quarta-feira (23), [VIDEO] também às 21h30, no Maracanã. No jogo de ida, realizado em Porto Alegre, houve empate em 1 a 1 e com isso, uma nova igualdade sem gols classifica o Rubro-Negro ao passo que o empate a partir de dois gols para cada lado fará os gaúchos avançarem.

Transmissão ao vivo de Boca x River

O duelo entre Boca Juniors e River Plate será transmitido para o Brasil de firma exclusiva pelo canal por assinatura SporTV. O GloboEsporte.com fará o acompanhamento do jogo em tempo real.

A narração ficará a cargo de Gustavo Villani e os comentários serão de Lédio Carmona e Ricardinho. Renato Peters e Raphael Sibilla farão as reportagens.

Possíveis escalações

O técnico do Boca Gustavo Alfaro tem duas grandes dúvidas para o jogo decisivo desta noite. Voltando de lesão, Tévez e Ábila não estão 100% fisicamente, mas nos últimos treinos realizados pela equipe, ambos apareceram no time titular.

O provável time do Boca Juniors que entrará em campo deverá ser: Andrada, Buffarini, Lisandro López, Mas, Salvio, Marcone, Almendra, Mac Allister, Tevez e Ábila.

Já o River Plate não tem o menor segredo e durante uma entrevista coletiva o técnico Marcelo Gallardo confirmou que a equipe irá a campo com: Armani, Pinola, Casco, Martínez, Montiel, Pérez, Nacho Fernández, Palácios, De La Cruz, Suárez e Borré.

Trajeto misterioso

A segurança da delegação do River Plate no trajeto até o estádio La Bombonera tem sido uma grande preocupação por parte das autoridades.

A imprensa argentina noticiou que até mesmo um helicóptero, além de motos e mais de dois mil homens cuidarão da segurança.

Todo esse aparato é para garantir que não se repitam os acontecimentos do segundo jogo da final do ano passado, quando o ônibus que transportava o time do Boca até o Monumental de Nuñes foi atacado por torcedores do River Plate. Os incidentes provocaram o adiamento do jogo e sua transferência para Madrid.

Outra medida adotada pelas autoridades responsáveis pela segurança foi a de não revelar o trajeto que o ônibus que transportará a delegação do River irá utilizar. A preocupação é que existia a informação que torcedores do Boca estavam buscando saber qual o trajeto seria adotado para revidar o ataque sofrido em 2018.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!