O Red Bull Bragantino já começou o projeto para voltar a primeira divisão em 2020 e já fez suas duas primeiras contratações no mercado da bola. O perfil de jogadores que o clube busca são atletas jovens, com projeção e muito potencial para revenda, essa foi a promessa que o clube fez no momento em que subiu à elite, e tem sido assim.

O primeiro jovem promissor contratado pelo Red Bull Bragantino foi o atacante Alerrandro, do Atlético Mineiro, de apenas 19 anos. O jogador foi visto como sendo uma das maiores promessas da base do Atlético.

Mas quando o jogador foi para o time profissional, perdeu espaço e não teve muitas oportunidades na equipe de Vagner Mancini.

Mas as poucas oportunidades que Alerrandro teve foram bem aproveitadas, já que ele foi atacante titular no Campeonato Mineiro, quando, em oito jogos, marcou oito gols.

Já no Brasileirão ele perdeu rendimento, pois teve poucas oportunidades. Alerrandro entrou apenas dez vezes em campo e, delas, apenas oito como titular, mas marcou duas vezes.

A outra contratação do Bragantino é o jogador Léo Reaple, mas o caso dele é um pouco diferente.

Léo também é uma promessa, mas mesmo assim jogou poucas vezes pelo Independiente Del Valle.

Na temporada atual ele participou de apenas sete jogos, um deles foi na Copa Sul-Americana, a qual o time foi campeão.

O Red Bull usou a mesma tática nas duas contratações, ele fechou contrato até 2024 com ambos os jogadores.

Bragantino quer ser chamado de Red Bull na TV

O time está em negociação com a Rede Globo sobre o direito de transmissão dos jogos do clube pela emissora em 2020.

O clube é uma das grandes promessas para 2020, durante a negociação eles pediram que o novo nome do clube fosse usado na TV.

O nome do clube é resultado da fusão de dois times, o Bragantino e o Red Bull Brasil.

Como a diretoria do clube deseja fortalecer o nome da marca em 2020, já expressaram seu desejo de que o clube seja chamado de Red Bull nas transmissões da emissora.

Mas a emissora não costuma citar marcas, nomes e afins.

Um exemplo é com o Allianz Parque, o estádio do Palmeiras. A emissora chama de Arena Palmeiras.

Até mesmo a Red Bull Racing, que é a equipe de Fórmula 1 da mesma companhia, é chamada de RBR. Mas mesmo com essa tradição de não fazer propagandas ''gratuitas'', a Globo se mostrou mais aberta a aceitar o pedido do campeão da Série B.

Durante 2019 o clube e a emissora se aproximaram bastante, quando o clube chegou ao título nacional.

Siga as suas paixões.
Fique atualizado.

O clube está apostando nessa aproximação para fechar o acordo com a emissora em 2020.

Nenhuma das partes deram detalhes, pois é uma negociação que leva algum tempo para ser concluída.

Não perca a nossa página no Facebook!