Nesta terça-feira (28), o condado de Los Angeles informou que o corpo do ex-jogador de basquete dos Los Angeles [VIDEO]Lakers, Kobe Bryant havia sido oficialmente identificado.

Além dele, outras três vítimas do acidente aéreo ocorrido no último domingo (26), também já tiveram suas identificações. Dentre os cinco corpos que ainda faltam identificar está o da filha de Kobe, Gianna, que tinha 13 anos.

Por meio das impressões digitais também foi possível fazer a identificação de John Altobelli, de Sarah Chester, e de Ara Zobayan, este último que era o piloto da aeronave que se acidentou.

As autoridades disseram que informarão assim que mais corpos forem oficialmente identificados.

Números aposentados

Inúmeras são as homenagens feitas a Kobe Bryant desde que chegou a notícia de sua trágica morte. Um dos movimentos que começou a surgir sugere que jogadores de todas as franquias que vestem as camisas 8 e 24, os principais números que Kobe usou na carreira, aposentem seus números. No Los Angeles Lakes os numerais já haviam saído de uso desde a aposentadoria do jogador.

O primeiro time a fazer isso foi o Dallas Mavericks que não permitirá que nenhum outro atleta use a camisa 24 pela franquia.

A iniciativa ganhou o apoio de torcedores de outros times, que pediram para que as demais equipes seguissem o exemplo.

Os pedidos começaram a ser atendidos nesta terça-feira, com atletas que usam tais números começando a pedir que sua numeração fosse trocada. Spencer Dinwiddie, que antes usava a 8, agora será o novo camisa 26 do Brooklyn Nets.

O novo numeral não foi escolhido por acaso. Ele explicou em sua conta no Twitter que 26 é a soma de 24 + 2, que eram os números usados por Kone e por sua filha Gianna, que também, morreu no desastre.

Pouco depois, foi a vez de Terrance Ross, que joga no Orlando Magic, anunciar que deixará de jogar com a número 8, passando agora a 31.

De acordo com Marc Stein, do New York Times, a Liga de Basquete Norte Americana não permite jogadores trocarem de números durante a temporada em andamento, mas que permitiu que o jogador do Nets fizesse a troca e que os demais pedidos serão analisados um a um.

Mudança no logo da NBA

Também como forma de homenagear o astro que faleceu no domingo, os fãs também pedem que o logo da NBA seja alterado. Está sendo feito uma espécie de abaixo-assinado pedindo para que a silhueta presente no logo da Liga Norte-Americana seja alterado para uma silhueta de Kobe. O número de assinatura já ultrapassa a marca dos dois milhões.

A silhueta presente no logo da NBA desde 1969 é de Jerry West, que coincidentemente é um ex-jogador dos Lakers. Ele deu uma entrevista onde disse que a morte de Kobe foi como “perder um filho”.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página NBA
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!