O flamengo acertou e anunciou a contratação do zagueiro do Atlético Paranaense Léo Pereira. Em contrapartida, o rubro negro acertou o empréstimo do jogador espanhol Pablo Marí, que vai disputar a Premier League pelo time do Arsenal. A contratação de Léo Pereira estava condicionada à saída da zagueiro espanhol para o time de Londres.

Contratação de Léo Pereira

A contratação do defensor do time paranaense, dependia do acerto ou não de Pablo Marí com o time da Inglaterra. O Flamengo vai adquirir em definitivo os direitos do zagueiro que vem do Atlético paranaense e gira na casa dos 7 milhões de euros (por volta de R$ 32 milhões de reais).

Léo Pereira vem disputar posição com o recém contratado Gustavo Henrique, que chegou esse ano vindo do Santos Futebol Clube. O recém chegado defensor do time de Curitiba, já gravou até um vídeo onde aparece enviando um recado para a torcida rubro negra. O vídeo foi publicado na conta do Twitter do vice de futebol do time carioca Marcos Braz.

Saída de Pablo Marí do flamengo

Contratado junto ao La Coruna da Espanha, o defensor Pablo Marí chegou ao time carioca pelo valor de R$ 5,5 milhões e mostrou-se muito útil no time multi-campeão do ano de 2019, conquistando o Brasileirão, Libertadores e dando um sufoco no Liverpool da Inglaterra (considerado atualmente o melhor time do mundo e imbatível na Premier League).

O zagueiro não compareceu ao treino na parte da manhã desta terça-feira (29) e só esteve no Ninho do Urubu na parte da tarde. Esse não comparecimento ao treino se deve ao fato de sua negociação que estava em andamento com o time inglês, e que teve um desfecho ao longo do dia, porém, o negócio ainda não está cem por cento acertado, mas Pablo Marí irá se encaminhar para a terra da rainha e se apresentará ao novo clube.

Arsenal sem dinheiro

O time londrino está sem aporte financeiro para fazer novas contratações, mas ainda, tem intenção em comprar em definitivo o zagueiro espanhol (ex-flamengo), no valor de R$ 46 milhões. O defensor já tinha feito exames médicos em Londres em janeiro, porém, voltou novamente ao Rio de Janeiro e se reapresentou ao rubro negro porque sua negociação não tinha ido para frente. A questão que travou a negociação, em um primeiro momento, foi o aspecto financeiro, ou melhor, a falta dele do Arsenal.

Uma das possíveis saídas foi passar certeza ao rubro negro carioca de que conseguiria pagar 15 milhões de euros (R$ 69 milhões) até meados de 2020.

A insistência do time londrino em contar com o defensor, tem um motivo: Arsenal perdeu o zagueiro Mustafi por contusão e necessita de uma rápida reposição para o setor, pois ainda há boa parte da temporada pela frente.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Flamengo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!