O vice de futebol do Flamengo, Marcos Braz, concedeu entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (23), após a apresentação do volante Thiago Maia. Entre os temas debatidos por ele esteve a renovação do vínculo de Gabriel Barbosa e o retorno do meio campista Lucas Paquetá.

No que diz respeito ao artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2020, Marcos Braz pregou calma, apesar da demora para a finalização das negociações. Os valores pedidos pela Inter de Milão, time que detém os direitos de Gabigol, giram em torno de 20 milhões de euros, cerca de R$ 93 milhões.

Apesar da tranquilidade em relação ao final da novela envolvendo o atacante, Braz destacou a preocupação com a demora por um desfecho. Os atletas do Flamengo, que disputaram a final do Mundial de Clubes da FIFA no dia 21 de dezembro, se reapresentam na próxima segunda-feira (27), e a presença de Gabriel na pré-temporada segue incerta.

Além do volante Thiago Maia, apresentando nesta quinta-feira (23), o Flamengo já anunciou outros 3 reforços de peso para a próxima temporada. Os atacantes Pedro Rocha, que veio de temporada discreta no rebaixado Cruzeiro, Michael, que foi um dos destaques do Brasileirão 2019 vestindo a camiseta do Goiás, o centro-avante Pedro, que foi destaque no Fluminense em 2019 antes de ser vendido para a Fiorentina e não ter destaque no futebol italiano.

Retorno de Lucas Paquetá é descartado

O nome de Lucas Paquetá, meio campista que foi xodó da torcida rubro negra em 2018, voltou as manchetes dos jornais. De acordo com informações da imprensa italiana, Paquetá pediu para não ser relacionado nas próximas partidas do Milan por não estar feliz.

Durante a entrevista coletiva desta quinta-feira (23), Macos Braz foi questionado sobre o retorno de Paquetá.

De acordo com o Vice de futebol do Campeão Brasileiro, existe grande carinho pela história de Lucas no Flamengo, porém, não existe nenhuma negociação em andamento. Braz salientou a torcida pelo sucesso do atleta, mas reforço que a diretoria nunca trabalhou com o nome de Paquetá para reforçar o elenco em 2020.

Paquetá era titular habitual no time do Milan treinado por Gennaro Gattuso, mas após a saída do treinador e a chegada do técnico Stefano Pioli, o atleta brasileiro perdeu espaço no elenco.

De acordo com as notícias da imprensa italiana, Lucas pediu uma avaliação médica após a vitória de sua equipe sobre a Udinese, pela rodada do último final de semana do campeonato nacional, alegando estar se sentindo mal mesmo sem ter atuado na partida. Os exames apontaram um quadro de estresse e ansiedade. De acordo com a imprensa esportiva européia, o Paris Saint-Germain teria interesse em contar com o atleta em seu elenco.

Siga a página Flamengo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!