Na tarde deste domingo (12) de Páscoa, os amantes do Futebol terão a oportunidade de rever o histórico clássico entre Palmeiras e Corinthians que decidiu o Campeonato Paulista de 1993 no estádio do Morumbi. A partir das 14h00, a reprise do dérbi será exibida na internet pela FPF TV por meio do site oficial da Federação Paulista de Futebol e na TV aberta pela Band.

Este será o primeiro de uma série de jogos históricos que a TV Band irá retrasmitir pelo quadro "Você Torceu Aqui" e com uma novidade: no lugar do áudio original, a narração e os comentários de cada partida serão feitos por ex-jogadores que estiveram em campo.

No caso do clássico reexibido neste domingo (12), Neto e Edílson "Capetinha" serão os comentaristas ao lado do narrador Ulisses Costa e estarão no lugar de Silvio Luiz, Juarez Soares, Eli Coimbra, Mário Sérgio e Octávio Muniz, que fizeram a cobertura da transmissão original de 27 anos atrás.

Palmeiras x Corinthians de 1993 terá comentários de ex-jogadores

Muitas pessoas criticaram o novo formato de áudio e o diretor de Operações e Esportes da Band, José Emílio Ambrósio, respondeu ao "Na Telinha", do site UOL, que o confronto histórico "será ainda mais interessante" comentado por dois ex-atletas que viveram as emoções dentro do Morumbi.

"Os protagonistas daquele jogo são da Band: o Neto, figura polemica, o Edilson 'Capetinha', como já diz o nome.

A ideia é que eles vejam o jogo como espectadores", declarou Ambrósio, acrescentando que Ulisses Costa será uma espécie de "mediador" dentro de uma maneira diferente de rever um clássico histórico.

Liderado pelo centroavante Evair, o Palmeiras goleou o Corinthians pelo placar de 4 x 0 e foi campeão paulista de 1993, encerrando um jejum de 16 anos sem conquistar títulos.

A partida marcou também o início da parceria do clube alviverde com a Parmalat, que se tornou uma das mais bem-sucedidas da história do futebol brasileiro e durou oito anos, entre 1992 e 2000.

Corinthians tinha a vantagem do empate, mas Palmeiras foi campeão

Além de vários títulos, a co-gestão com a empresa multinacional italiana proporcionou ao Palmeiras a montagem de elencos com grandes jogadores, como Evair, Edmundo, Zinho, César Sampaio, Cafu, Roberto Carlos, Mazinho, Edílson, Rivaldo e Djalminha, entre outros.

No dia 12 de junho de 1993, o Corinthians entrou em campo com a vantagem do empate, já que havia vencido o jogo de ida das finais por 1 x 0 com gol de Viola, que na comemoração provocou os palmeirenses imitando um porco. O time treinado então por Vanderlei Luxemurgo superou o arquirival alvinegro por 3 x 0 no tempo regulamentar do segundo e decisivo duelo. Edílson, Zinho e Evair balançaram as redes e, na prorrogação, brilhou mais uma vez a estrela do centroavante "Matador", como era chamado pela torcida, e Evair anotou o quarto gol do clássico em cobrança de pênalti, selando o título paulista para o Palmeiras.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Palmeiras
Seguir
Siga a página Corinthians
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!