O jogador Arouca, de 33 anos, teve uma trajetória com muitos títulos e vitórias no Santos. No clube paulista ele viveu bons momentos e marcou a história do time. Durante uma entrevista ao jornal Gazeta Esportiva, o jogador falou sobre o motivo que levou à sua saída do Santos em 2015.

Durante a entrevista ao jornal, ele declarou que não foi fácil sair do Santos e que muitos torcedores ficaram chateados com a sua saída do clube. Ele também mencionou que muitos outros entenderam e agradeceram pela sua passagem vestindo a camisa do Santos.

O volante ficou cinco anos no Santos e esteve em 200 jogos.

Sobre a sua saída do clube, ainda é uma história que poucos sabem os motivos exatos. Segundo Arouca, ele se esforçou para continuar no Santos, contudo, o clube tinha pendências financeiras com o atleta. Ele relatou que, juntamente com seu empresário da época, tentou ao máximo conversar com os dirigentes.

Entretanto, o jogador afirmou que eles foram muito maltratados pelos responsáveis pelo clube, visto que, eles não gostaram do pouco caso que fizeram, ainda mais por se tratar de um jogador que estava há tanto tempo no clube. “Tinha muita coisa errada e a gente tentou conversar para resolver isso, até que a gente percebeu que fizeram pouco caso da nossa situação e foi aí que tomamos a decisão de tomar novos ares, de sair", disse.

Passagem pelo Santos

O volante Arouca foi contratado pelo Santos em 2010 e participou de uma das gerações mais vitoriosas da história do clube. Ele tinha como colegas de time Neymar e Ganso, que naquele momento eram tratados como grandes promessas do Futebol brasileiro.

O elenco era composto por jogadores jovens e mais experientes, como Edu Dracena, Marquinhos e Durval.

Com um time entrosado, começaram a surgir os títulos, como o Campeonato Paulista. O time tinha como técnico Dorival Junior. Depois, ele conquistou a Copa do Brasil, e o grande prêmio daquela geração foi a Libertadores.

Presidente do Santos pretende vender Lucas Veríssimo

O presidente do Santos, José Carlos Peres, declarou que Lucas Veríssimo está pronto para ser vendido, e que o zagueiro vai ser negociado para jogar no exterior.

O dirigente afirmou que esteve prestes a vender o atleta por duas vezes. Peres não poupou elogios ao rapaz que, segundo ele, merece essa oportunidade.

Peres tinha acertado a renovação de contrato de Lucas até 2024. O atleta chegou a ser procurado pelo Atlético-MG no começo do ano, e o rapaz chegou a reclamar do clube publicamente, pois sentia que estava sendo desvalorizado pelo Santos.

Com objetivo de negociar com times no exterior, os dois mercados que se aproximaram nos últimos anos foram da Itália e Rússia.

Calendário especial

A CBF planeja calendário especial para o Brasileirão, com início em junho. A volta do Campeonato Alemão fez com que demais federações animassem para seguir os mesmos caminhos.

Em entrevista à Reuters, o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, afirmou que já existe um planejamento para a volta do Campeonato Brasileiro. Ele declarou que os jogos vão ser diferentes do tradicional, no qual os torcedores estão acostumados. Os organizadores já teriam as datas de começo e final da competição.

O Campeonato Brasileiro começava no mês de maio, mas por conta da pandemia do coronavírus as coisas tiveram que mudar, jogos e competições foram adiadas.

Feldman afirmou que estão pensando em estratégias para retomar o calendário esportivo e as medidas para evitar a transmissão da doença. Os jogos serão realizados sem torcida, com portões fechados, medidas de higiene, testes permanentes e transportes em veículos particulares dos atletas.

O futebol brasileiro ficou paralisado em março, os campeonatos estaduais não foram finalizados, agora a expectativa é que os jogos voltem a ocorrer. Feldman acredita que o futebol pode voltar com restrições.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Santos
Seguir
Siga a página ESports
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!