Com a pandemia do Coronavírus, o Futebol brasileiro, muito provavelmente, só retomará a sua temporada de 2020 no segundo semestre. Diante de tal quadro, o blogueiro Rafael Reis, do portal UOL, sugeriu, neste domingo, sete jogadores livres no mercado e que, apesar do aparente valor alto de compra, representaria um investimento para chamar a atenção dos torcedores dos nacionais.

A relação do jornalista é aberta com Arjen Robben. Oficialmente, o holandês de 36 anos, sem clube desde o fim do contrato que tinha com o Bayern de Munique, da Alemanha, encerrou a carreira, mas, no mês passado, declarou ter saudades do futebol e estaria pensando em retornar aos gramados.

Isso gerou um alvoroço no Botafogo e o Alvinegro de General Severiano acionou o empresário Marcos Leite, o mesmo responsável por intermediar a vinda do japonês Keisuke Honda, que também entrou em contato com Robben.

O segundo lembrado por Rafael Reis foi o uruguaio Edinson Cavani. O atacante de 33 anos, de acordo com o jornal francês L'Équipe, ainda negocia a sua permanência no Paris Saint-Germain, mas alguns clubes estão se movimentando para contratá-lo na próxima janela de transferências, sendo, três delas, o Palmeiras, o Flamengo e o Boca Juniors.

Com 36 anos, o apoiador marfinense Yayá Touré, outro sem clube, assim como Robben, também teve seu nome citado como um provável bom investimento.

Recentemente, esteve muito perto de acertar com o Botafogo, mas o negócio, por enquanto, acabou não se concretizando. Com passagem pelo Manchester City, o africano ainda não jogou em 2020. Ele estava na segunda divisão do futebol chinês, defendendo o Qingdao Huanghai.

Recheado de polêmica na carreira, o italiano Marco Balotelli também foi lembrado.

Atualmente no Brescia, equipe pequena de seu país natal, o atacante de 29 anos chegou a ter um "namoro com o Flamengo antes de acertar com o seu atual clube. A incerteza do futuro do Campeonato Italiano pode facilitar uma negociação.

Se trouxer Robben e Yayá Touré, o Botafogo pode completar uma trinca de estrangeiros com o nigeriano Obbi Mikel.

Livre desde que saiu do Trabzonspor, da Turquia, o atleta de 33 anos era titular da sua equipe, mas, por conta da pandemia do Coronavírus, teve seu contrato rescindido.

Alemão e francês completam a lista de sugestões

Para encerrar a sua lista, Rafael Reis lembrou de dois atacantes. O primeiro deles tem passagem pelo Borussia Dortmund e, no seu currículo, o gol que, em 2014, deu o título da Copa do Mundo para a Alemanha. Trata-se de Mario Götze. Mesmo tendo apenas 27 anos, já não tem mais mercado em clubes do primeiro escalão da Europa. Por isso, caso deseje continuar atuando, precisa buscar clubes de menor expressão do Velho Continente ou outros centros do futebol mundial.

O segundo homem de frente é o Bafémtibi Gomis.

O francês de 34 anos, que defendeu a seleção de seu país, Lyon e o Olympique de Marselha, está fora do primeiro escalão do futebol europeu há algum tempo. Está na Arábia Saudita há dois anos, foi o artilheiro da última edição da Liga dos Campeões da Ásia e é um dos principais jogadores do Al-Hilal.

Não há prazo para a retomada do futebol no Brasil. Na Europa, as competições devem voltar no primeiro semsetre de junho.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!