O Borussia Dortmund se recuperou da derrota sofrida na rodada passada para o Bayern de Munique, quando jogando na tarde deste domingo (31), fora de casa, goleou o Paderborn por 6 a 1, em jogo válido pela 29ª rodada da Bundesliga.

Com o resultado, o time aurinegro chegou aos 60 pontos, mas segue sete atrás dos líderes. Já o time da casa permanece com apenas 19 e começa a enxergar a segunda divisão bem de perto.

Desfalcado do craque Erling Haaland, que deixou o jogo contra o Bayern com uma lesão no joelho e sequer viajou com a delegação, o Borussia dominou o primeiro tempo, essa superioridade passou longe de proporcionar um jogo empolgante, tanto que nos primeiros 45 minutos apenas uma falta foi marcada.

Chuva de gols na segunda etapa

O jogo ficou bom mesmo na segunda etapa, quando o time visitante acordou para a vida e depois de ter duas grandes chances finalmente abriu o placar aos nove minutos com Hazard. Emre Can fez bela jogada individual, cruzou da linha de fundo, o goleiro espalmou para o meio da área e atacante só teve o trabalho de completar para a rede.

Três minutos depois Sancho recebeu na área de Brandt e só teve o trabalho de completar para a rede, fazendo o segundo dos visitantes. Na comemoração o jogador tirou a camisa e exibiu a frase “Justiça para George Floyd”.

Aos 27 minutos o Paderborn descontou com Hunemeier cobrando pênalti, mas o Dortmund não deu tempo para os anfitriões pensarem em uma reação e dois minutos depois Sancho soltou o pé para fazer 3 a 1.

E o time amarelo queria mais. Aos 40 minutos Hakimi recebeu de Schmelzer na área e bateu cruzado para marcar. Schmelzer também deixaria sua marca aos 44’, após completar um cruzamento rasteiro de Witsel. Fechando sua grande atuação, já nos acréscimos, Sancho recebeu completamente livre e chegou ao seu hat-trick.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado (6), para jogos da 30ª rodada. O Paderborn terá outra parada dura, quando sairá para encarar o Red Bull Leipzig. Já o Borussia jogará em casa contra o ascendente Hertha Berlin.

Paderborn: Zingerle; Dräger, Hünemeier, Strohdiek, Schonlau e Collins; Antwi-Adjej (Jastrzembski), Vasiliadis e Holtmann (Pröger); Mamba (Michel) e Srbeny (Zolinski).

Técnico: Steffen Baumgart

Borussia: Bürki; Piszczek, Hummels e Akanji; Hakimi (Morey), Emre Can (Balerdi), Delaney (Witsel) e Guerreiro (Schmelzer); Sancho, Hazard e Brandt (Reyna). Técnico: Lucien Favre

Outro jogo do domingo

Mais cedo, outro Borussia também venceu por goleada. Jogando em casa, o Monchengladbach, jogando em seus domínios, venceu o Unior Berlin por 4 a 1 e voltou a figurar na zona de classificação para a UEFA Champions League.

Marcus Thuram foi um dos destaques do jogo ao marcar duas vezes. Neuhaus e Plea completaram o placar, enquanto que Andersson descontou para o time da capital.

O Gladbach agora tem 56 pontos e ocupa a terceira colocação. Já o Union é o 14º colocado, com 31 pontos e briga para não se aproximar da zona de rebaixamento.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!