Faleceu nesta terça-feira (28) o jornalista e apresentador Rodrigo Rodrigues, do canal por assinatura SportTV. Ele tinha 45 anos e estava internado desde o último sábado (25), após dar entrada no hospital com vômitos, desorientação e dor de cabeça. Dias antes ele havia testado positivo para Covid-19.

De acordo com informações divulgadas pelo hospital onde ele estava internado, o apresentador foi diagnosticado com uma trombose cerebral, o que o fez ser submetido no último domingo (26) a uma cirurgia para aliviar a pressão intracraniana. Desde então ele estava em estado grave e em coma induzido. Nesta terça foi confirmada a morte encefálica do jornalista.

No último dia 9, ao apresentar o programa "Troca de Passes", do qual era o âncora titular, disse que um amigo com o qual havia tido contato havia testado positivo para Covid-19. No dia 13 veio a confirmação de que ele também estava infectado e, desde então, RR, como também era conhecido, passou a cumprir isolamento domiciliar, tendo acompanhamento da equipe médica do Grupo Globo.

De início, RR apresentou sintomas leves como falta de olfato e paladar, mas afirmou que se sentia bem. No entanto, seu quadro piorou no último sábado, quando deu entrada no hospital.

A carreira de Rodrigo Rodrigues

Apesar de ter ingressado na faculdade de jornalismo alguns anos depois, Rodrigo Rodrigues iniciou sua trajetória na Televisão em 1995, na Rede Vida.

Em 2001 foi convidado pela TV Cultura para ingressar na equipe do programa “Vitrine”, na época apresentado por Marcelo Tas. Em 2003 migrou para o SBT, onde teve uma curta passagem como repórter.

Em 2005 foi trabalhar na TV Bandeirantes e, posteriormente, retornou à Cultura para ser âncora do "Cultura-Meio Dia", ao lado de Maria Júlia Coutinho.

Desempenhou essa função até o ano de 2010.

O ingresso na área esportiva aconteceu em 2011, quando foi contratado pelos canais ESPN para ser apresentador de uma das edições do programa "Bate-Bola". Na emissora do grupo Disney teve algumas idas e vindas e nesse período ainda trabalhou na TV Gazeta, Esporte Interativo e Rádio Globo.

No começo do ano passado ele foi contratado pelo Grupo Globo. No começo fazia aparições esporádicas nos programas da grade e eventualmente apresentava a edição de São Paulo do "Globo Esporte". Em agosto se tornou âncora fixo do programa "Troca de Passes".

Trabalhos além do jornalismo

Além de jornalista, Rodrigo Rodrigues era músico, sendo guitarrista da banda The Soundtrackers, que toca apenas trilhas sonoras do cinema, e também escritor, sendo o autor do livros “As Aventuras da Blitz”, que fala sobre a trajetória do grupo musical, e “London London”, um guia para conhecer a capital inglesa de metrô.

Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!